Flamengo

Juan, ex-zagueiro, recebeu a medalha Pedro Ernesto, a principal comenta do estado do Rio de Janeiro

O agora zagueiro aposentado, Juan recebeu mais uma homenagem, desta vez na sede do Flamengo, na Gávea

Na manhã desta quarta-feira(22), Juan, o ex-zagueiro do Flamengo, recebeu uma homenagem, a medalha Pedro Ernesto, principal comenda do Rio de Janeiro, na sede do Clube, na Gávea.

O ex-jogador de 40 anos que fez seu último jogo com a camisa do Clube que foi revelado, dia 27 de abril contra o Cruzeiro, na estreia da equipe no Campeonato Brasileiro, se disse honrado e agradeceu por mais essa homenagem.

– Muito obrigado por todas as palavras e homenagens, me sinto muito honrado e feliz. Não se trata de uma homenagem só pelo que fiz em campo, mas por como me comportei fora. Não tinha um lugar melhor para receber essa homenagem do que aqui dentro do clube, o Flamengo sempre foi a minha segunda casa, a extensão do que meus pais me ensinavam dentro de casa.

Na cerimônia estiveram presentes, o presidente rubro-negro, Rodolfo Landim, o vereador Felipe Michel, autor da homenagem e presidente da comissão de esportes da Câmara dos Vereadores e Cláudio Castro, vice-governador do Estado. A assessoria de Felipe Michel informou que o vereador jogou com o Juan na base do Flamengo dos 15 aos 20 anos, e é amigo do agora ex-zagueiro.

– Estou muito emocionado. Passei a minha vida aqui dentro do Flamengo, meus sonhos, minha formação, foi o Flamengo que ajudou a me formar. Não tem pessoa melhor para simbolizar essa minha história, esses meus companheiros que jogaram aqui, do que o Juan. Ele é um exemplo de caráter, de profissional – disse o vereador.

A medalha que Juan recebeu na manhã desta quarta-feira.  Foto: Vicente Seda

O Presidente Rodolfo Landim falou do momento, ele também já recebeu uma moção para que recebesse um título de cidadão benemérito.

– É um enorme prazer. Já ganhei essa medalha um dia e me emocionei, porque fui estudar o que ela representa, a importância que tem, para mim é um motivo de grande satisfação de estar aqui fazendo parte dessa homenagem a você, que foi um jogador que tem uma relação enorme com essa nação rubro-negra. Ao longo da sua trajetória você cativou a torcida pelos vários anos jogados no clube e a dedicação ao clube. Craque o Flamengo faz em casa e você foi um craque feito em casa. Teve um desempenho brilhante, não só dentro de campo mas como profissional fora de campo também. Falei para o profissional para te cativar um pouco a passar essa sua experiência ao grupo, saber que poderemos continuar contando com você no clube é motivo de grande satisfação. Só tenho a te agradecer por tudo que fez ao clube e parabenizar o vereador Felipe Michel. A nação está aplaudindo de pé.

O vice-governador do Rio, Cláudio Castro falou sobre a importância da medalha.

– Antigamente, a pessoa que recebia uma medalha dessa era conhecida como comendador, então você é um comendador hoje, ou seja, alguém que serve de exemplo. Transformar em comendador da cidade alguém que sirva de exemplo para ela. Alguém que venceu a dificuldade, conquistou com seu trabalho, suor, servindo de exemplo. Nenhum de nós vai estar aqui, e o seu legado vai estar ecoando por aí.

Juan recebeu o carinho da Torcida no seu último jogo. Foto: Nayra Halm/Estadão Conteúdo

Juan Silveira dos Santos é o maior zagueiro-artilheiro da história do Flamengo, ao lado de Junior Baiano, com 32 gols, soma 331 jogos pelo Flamengo. Além da rubro-negra, ele defendeu apenas mais quatro camisas em 23 anos de carreira: Bayer Leverkusen (Alemanha), Roma (Itália), Internacional e a da seleção brasileira, que participou em duas Copas do Mundo.

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar