Futebol

A 3ª Rodada da Seletiva – Americano amplia a vantagem, America sai da lanterna e Resende entra no G2

As mudanças na tabela mostram que as equipes estão bem niveladas, e que ainda não existe nada decidido na Fase Preliminar do Carioca

Com os resultados ao fim da 3ª rodada da Seletiva do Campeonato Carioca, o Americano continua na liderança, porém com 7 pontos. Derrotado, o Nova Iguaçu, é o penúltimo colocado, na 5ª posição, com os mesmos 3 pontos. O Goytacaz agora é o único sem vitória na competição, e amarga a lanterna, com poucas chances de classificação à fase principal do Carioca. As duas outras equipes que antes de começar a rodada não haviam conquistado uma vitória sequer, eram o Gigante do Vale, Resende, que agora é o segundo colocado com 5 pontos e o America, que desde a primeira rodada era o lanterna da Seletiva, venceu, e com 4 pontos somados é o 3° colocado. O Macaé ocupava a 2ª posição, com a derrota continua com 4 pontos e tem agora a 4ª posição.

(2º) Resende 1 x 0 Goytacaz (6º)

O Resende na última partida empatou com o America, e mostrou algumas suas armas, com as jogadas individuais de Maxwell, as subidas de Jeanderson pela esquerda e no ataque a experiência de Alexandro. Já o Goytacaz empatou com o Americano, em um clássico muito disputado e tenso, porém expos a falta de criatividade do time.

As equipes fizeram um jogo apático, com poucas chances criadas. Apesar do absoluto domínio por parte do Resende no primeiro tempo, a primeira chance clara de gol só saiu nos acréscimos do 1º tempo. No cabeceio de Murilo, o goleiro do Goyta, PH, fez boa defesa.

(Foto: Agência FFERJ)

No segundo tempo, as equipes pareciam estar satisfeitas com o resultado, pois diminuíram o ritmo de jogo, mesmo com o 0 a 0 no placar. O time da Rua do Gás só não passou em branco na partida porque Pilar, aos 18 minutos, recebeu um ótimo passe, e ficou cara a cara com Ranule, que saiu bem para defender o que seria o gol do Goytacaz. Um único lance isolado criado em 90 minutos.

O Resende continuava a controlar a partida, porém não conseguia levar perigo, o Gigante do Vale utilizava a bola aérea para ter mais facilidade de chegar à área do Goyta. E depois de tanto insistir, aos 39 minutos, o zagueiro Lucão, apareceu livre na segunda trave e de chapa, mandou a bola pro fundo das redes de PH.

Após o fim do jogo, Athirson, ex-lateral, com passagens por Flamengo e Cruzeiro foi demitido. Foram 3 partidas apenas no comando do Goytacaz, todas elas na Seletiva, derrotas para Nova Iguaçu e Resende, além do empate no clássico Goyta-Cano.

Local: Estádio do Trabalhador – Resende (RJ)

Data: 06/01 (Domingo)

Horário: 16h (Horário de Brasília)

Equipe de Arbitragem

Árbitro: João Batista de Arruda (RJ)

Assistentes: Daniel do Espírito Santo Parro (RJ) e Carlos Henqieu Alves de Lima Filho (RJ)

Quarto Árbitro: Thiago Gomes Magalhães (RJ)

Gols: Lucas Maia, 37’/2ºT

Cartões Amarelo: Resende – Sabão; Goytacaz – Erick Daltro, Ernani.

Cartões Vermelho: Resende – Alexandro; Goytacaz – PH

Escalação do Resende – Técnico: Edson Souza

Ranule; Filipe Sousa, Rhayne, Lucas Maia e Jeanderson; Joseph (Dieguinho), Vitinho, Murilo Rusalen (Davi Ceará) e Arthur Faria (Sabão); Maxwell e Alexandro.

Escalação do Goytacaz – Técnico: Athirson

Paulo Henrique; Tenente, Diego Macedo, Thurram e Erick Daltro; Ernani (Léo Guerreiro), Gabriel Galhardo, João Vitor e Michel (Pepeu); Douglas Oliveira e Pilar.

(1º) Americano 2 x 1 Nova Iguaçu (5º)

O Americano repetiu a boa atuação de sua estreia, e venceu mais uma vez jogando no Ferreirão, sua casa na Seletiva de 2019. Com gols de Dedé e Marcos Paulo para o Cano e Bruno Vieira a favor do Nova Iguaçu, a Partida terminou em 2 a 1 para a equipe de Campos.

O primeiro tempo fez o primeiro gol com Dedé logo aos 7 minutos de jogo, e dominou a partida durante todo o primeiro tempo, chegando com perigo ao gol ainda aos 44 minutos com Flamel, que fez boa jogada individual, acertou o travessão iguaçuano.

(Foto: Bernardo Gleizer/NIFC)

No segundo tempo, apesar do Americano continuar com maior posse de bola, o Nova Iguaçu cresceu na partida, e Andrezinho de falta obrigou Luiz Henrique a fazer boa defesa. Minutos depois, aos 23, Bruno Vieira de cabeça empatou a partida para o Nova Iguaçu.

Josué Teixeira, apostou suas fichas em Marcos Paulo, colocou o atacante no lugar de Flamel, camisa 10 da equipe, que ainda perdeu um pênalti. Aos 43 minutos, Marcos Paulo, aproveitou o rebote após cobrança de falta, e marcou o segundo gol do Americano, o gol da vitória. Apenas 6 minutos depois de entrar na partida.

Local: Ferreirão – Cardoso Moreira (RJ)

Data: 06/01 (Domingo)

Horário: 16h (Horário de Brasília)

Equipe de Arbitragem

Árbitro: Pathrice Wallace Correa Maia (RJ)

Assistentes: Diogo Carvalho Silva (RJ) e Carlos Henique Cardoso de Souza (RJ)

Quarto Árbitro: Thiago Rosa de Oliveira (RJ)

Gols: Americano – Dedé, 7’/1°T e Marcos Paulo, 43’/1°T; Nova Iguaçu – Bruno Veiga, 23’/2°T.

Cartões Amarelo: Americano – Romário, Gabriel e Léo Rosa; Nova Iguaçu – Rodrigo Yuri, Andrézinho e Murilo Henrique.

Escalação do Americano – Técnico: Josué Teixeira

Luiz Henrique; Léo Rosa, Espinho, Gabriel e Rafinha; Júnior Santos, Vandinho, Gustavo Tonoli (Sanderson) e Flamel (Marcos Paulo); Dedé (Neto) e Romário.

Escalação do Nova Iguaçu – Técnico: Marcelo Salles

Jefferson; Wallace, Murilo Henrique, Rafael Caldeira, Paulo Vitor (Lucas); Rodrigo Yuri, Paulo Henrique, Caio Cezar (Lucas Campos) e Andrezinho; Flávio Carioca e Edu (Bruno Veiga).

(3º) America 1 x 0 Macaé (4º)

Na partida do Macaé, o técnico Luizinho Lemos abandonou a formação do 3-5-2, adotada durante parte da Série B1 e nas duas primeiras partidas pela Seletiva. Belarmino entrou no lugar de Wesley. O time que antes tinha alas, passou a jogar com laterais, e agora com 2 volantes e 3 meias enfrentou o Macaé em um 4-2-3-1.

E foi com esta nova estratégia que o America conseguiu sua primeira vitória na competição. Após um primeiro equilibrado e com poucas chances criadas, além de muitos erros de passes. As equipes tinham dificuldade em sair jogando com a bola no chão.

(Foto: Úrsula Nery/Agência FFERJ)

Na partida anterior, contra o Resende, o técnico efetuou substituições que recuaram a equipe, posteriormente o America sofreu o empate. Desta vez Luizinho Lemos colocou William Chrispim, Bruno Bezerra e Pedrinho, nos lugares de Diego Sales, Daniel e Belarmino, respectivamente. As alterações realizadas já no segundo tempo, tornaram o America uma equipe mais ofensiva e foi assim, tomando a iniciativa, que Araruama tabelou com Bruno Bezerra, invadiu a área e na saída de Marcão fez o gol da vitória rubra aos 32 minutos do segundo tempo.

Local: Los Larios – Xerém (RJ)

Data: 06/01 (Domingo)

Horário: 16h (Horário de Brasília)

Equipe de Arbitragem

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Assistentes: Silbert Faria Sisquim (RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)

Quarto Árbitro: Daniel de Oliveira Alves Pereira (RJ)

Gols: America – Araruama, 32’/2ºT.

Cartões Amarelo: America – Diego Sales; Macaé – Waguinho.

Escalação do America – Técnico: Luizinho Lemos

Deola; Belarmino (Pedrinho), Lucão, Vladimir e Quaresma; Araruama, Anderson Künzel, Miguel e Diego Sales (William Chrispim); Felipe Pará e Daniel (Bruno Bezerra).

Escalação do Macaé – Técnico: Luiz Antônio Zaluar

Marcão; Daniel, Anderson, Luís Felipe, Renan; Waguinho, Filipe Silva (Wagner Carioca), Júnior Araújo, Darlan (Maranhão); Sousa Maranhão (Marquinho) e Matheus Babi.

Na próxima rodada, a penúltima da Seletiva, o Nova Iguaçu encara o Resende no Laranjão, às 16h, na quarta-feira (9), Macaé e Americano se enfrentam no mesmo dia e horário no Moacyrzão, enquanto o Goytacaz volta ao Aryzão, e recebe o America na quinta-feira (10), às 20h.

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar