FlamengoVasco da Gama

Alberto Valentim fala sobre o Clássico dos Milhões e avalia: “Não é jogo de afirmação nenhuma”

Vasco e Flamengo são as únicas equipes invictas no Campeonato Carioca e estão empatadas em número de pontos; o Rubro-Negro lidera a classificação geral por ter maior saldo de gols

Neste sábado (9) o Vasco irá enfrentar o Flamengo, e na preparação para a partida, Alberto Valentim comandou treino fechado em São Januário. Após o término da atividade, o técnico concedeu coletiva de imprensa e falou sobre o Clássico dos Milhões e sobre os objetivos do Vasco na temporada. 

Confira outras notícias do Vasco da Gama

EXPECTATIVA PARA O CLÁSSICO

“Dias diferentes os que antecedem o clássico. Aqui no Rio, em Minas, em São Paulo. Tem uma expectativa maior no começo da semana. Preparação diferente, com certeza. Para todos, principalmente para os jogadores. Não é jogo de afirmação nenhuma. Estamos no início de um trabalho, estamos crescendo a cada dia. Isso é nítido. Independente do resultado, vamos continuar buscando essa evolução, sem deixar que nada atrapalhe.”

FLAMENGO RESERVA

Além da Taça Rio o Flamengo disputa a Libertadores 2019, e por conta dos jogos do torneio continental, Abel Braga deve poupar os titulares e mandar à campo a equipe reserva. Alberto Valentim foi questionado se a escolha do técnico rubro-negro diminuiria o impacto de uma possível vitória vascaína no clássico.

“Estamos preparando o Vasco para enfrentar independente do jogador que começar (no Flamengo). Eles tem esse jogo no meio da Libertadores. Ouvimos que podem usar time misto, mas estamos nos preparando para jogar contra o Flamengo. […] Se acontecer de nós vencermos, com todo respeito ao Flamengo, vamos ganhar do Flamengo. Vamos jogar contra o Flamengo, é um dos elencos mais fortes da América do Sul.”

A TAÇA RIO
“Muita coisa em jogo. Nossos objetivos. Continuamos em busca da Taça Rio. Vamos olhar outra parte do regulamento, que é a soma total. Terminar em primeiro no nosso grupo. Esse é o objetivo. Buscamos chegar com mais vantagem possível no fim da Taça Rio.” – explicou o treinador, antes de finalizar a coletiva com um objetivo:
MANUTENÇÃO DO ELENCO
“Esse ano a minha permanência e da maioria dos jogadores importantes, com a chegada nas posições necessárias, fica muito mais fácil continuar o trabalho que vinha sendo feito no ano passado. Se vocês pegarem alguns jogos do ano passado, o jogo deste ano é muito parecido, pela questão defensiva, a compactação. Continuando o trabalho, fica muito fácil, encurta o processo de adaptação.”
O DESEJO DE TÍTULOS
“Quero ser campeão aqui no Vasco. Quero muito. O grupo merece muito, a diretoria está fazendo de tudo para nos dar a melhor condição de trabalho. Temos que trabalhar muito para fazer isso acontecer. Peço aos jogadores que lembrem disso a cada segundo do treino.”
YAGO PIKACHU RESERVA?
“Pikachu vinha bem, mas a gente precisava aproveitar que o Rossi vinha bem para dar minutos a ele. A gente vai procurar usar os 11 jogadores com aquilo que a gente acha que encaixa bem contra o Flamengo.”
A ESTRATÉGIA 

“A gente só não vai verticalizar o jogo quando o rival não der chance. Para fazer isso, depende da característica de quem está construindo a jogada. As regras dos nossos treinos são feitas para alternar posse com verticalização. Peço sem pressa, mas com dinâmica.”

THIAGO GALHARDO E BRUNO CÉSAR

“Os dois são camisas 10. Galhardo consegue fazer um vaivém melhor que o Bruno, por características físicas, tem bola aérea melhor. Bruno talvez tenha penúltima bola de mais vezes de qualidade. Galhardo conduz mais a bola. Bruno tem bola parada.”

**Alguns dos trechos da coletiva de imprensa, foram retirados da reportagem de Felipe Schmidt para o globoesporte.com

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar