Fluminense

“Alguns jogadores estão vindo para reforçar a equipe” diz Fernando Diniz em coletiva

O Fluminense foi eliminado do Campeonato Carioca para o Flamengo neste sábado

Após empate em 1 a 1 contra o Flamengo, o Fluminense deu adeus ao Campeonato Carioca.

O técnico do Fluminense, Fernando Diniz, concedeu entrevista coletiva após a eliminação do Carioca, neste sábado, no Maracanã. O treinador analisou a estratégia do adversário e comentou sobre a discussão que teve em campo com o lateral Gilberto.

Confira trechos da entrevista coletiva de Fernando Diniz:

Discussão com o Gilberto

Gilberto foi uma discussão de jogo normal. No calor do jogo. É difícil reclamar de algum erro técnico. Teve um problema grave e ficou seis meses sem jogar. É uma pessoa que eu me relaciono bem e tenho um carinho especial com ele. Foi um estresse normal que passou um pouco do tom.

Gol sofrido

Eu não vi o lance do gol ainda. Mas até a bola chegar no Gabigol eu não vi se estava no mano. O Flamengo teve poucas chances de marcar. Eu não vi o gol ainda, tenho que ver para analisar. A gente soube se guardar um pouco mais. A gente não estava numa noite inspirada.

Reforços na temporada

Então, alguns jogadores estão vindo para reforçar nossa equipe. Acho que o Fluminense começou a temporada com um saldo muito positivo. É um time que vai ganhando casca. Fazendo partidas interessantes na Sul-Americana e fora de casa. Por mais que a gente treine os jogos acabam dando essa maturidade para o time. É um elenco que está se conhecendo e está sendo muito mexido, por conta das lesões. Tenho que parabenizar os jogadores.

Desfalques da partida

Os desfalques em si que influenciam por conta do desnível técnico. Quando você mexe muito nas peças você perde entrosamento. Quando você está jogando a muito tempo com a mesma equipe fica mais fácil. É uma equipe que mal se conhecia e eu vejo o jogo de hoje como um saldo positivo. A equipe vai ganhando maturidade.

Nível do entrosamento da equipe

É difícil falar de estágio, tem partida que a gente jogou melhor que hoje. Pela posse de bola, saída de jogo e controle da partida. Quando vai alterando muito a escalação você acaba não entrosando a equipe. O mais importante do futebol é a maturidade e a casca que o time vai ganhando ao longo da temporada. Eu não sei o nível que tá, mas tá indo pra frente.

Rendimento de Yony González

Não dá pra falar que yony teve uma queda individual de rendimento. Jogamos hoje contra o Flamengo. Ele foi o melhor em campo contra o Antofagasta no Chile. Se a equipe não produz muito é difícil você falar o nível da queda do Yony. Quando a equipe jogar bem ele também vai jogar. Ele é um jogador que jogou todas as partidas. Tem o desgaste grande. Acho que vamos recuperar os jogadores e deixá-los em melhores condições.

Sobre o time não conseguir ataca

Acho que não, no primeiro tempo não tivemos uma postura agressiva. O Flamengo veio com marcação alta. O jogo hoje pedia para a gente ser mais conservador. O Flamengo teve mais chances quando a gente marcava alto. Quando a gente retomava a bola saímos de maneira mais limpa. Era para a linha ter ficado um pouco ali no meio de campo, e não muito lá na frente. A gente ofereceu a bola para o Flamengo, foi a estratégia nossa.

Sensação de ser eliminado

Acho que a gente podia ter chego na final, quase conseguimos. Por outro lado os jogadores estão de parabéns, a gente evoluiu ao longo da competição. Jogadores novos que vão ganhando maturidade. O saldo é positivo.

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar