BotafogoFutebolSem categoria

Análise: Botafogo bate Defensa y Justicia na Argentina e se classifica na Sul-Americana

Com dois gols de Erik e um de Alex Santana, Botafogo faz três gols no segundo tempo é supera equipe Argentina

O Botafogo entrou no Estádio Norberto “Tito” Tomaghello, na Argentina, com a vantagem para enfrentar o Defensa y Justicia, e mesmo levando sufoco no primeiro tempo, o alvinegro venceu por 3 a 0 e eliminou o atual vice-líder invicto do Campeonato Argentino.

Foto: JAVIER GONZALEZ TOLEDO / AFP

O primeiro tempo mostrava que o jogo seria praticamente impossível para o time brasileiro. Os torcedores botafoguenses, já sabiam que iam sofrer durante os 90 minutos, mas eles só queriam saber de uma coisa: Trazer a classificação de qualquer jeito.

Todos sabiam que no gol, Gatito garantiria que a bola não entrasse, e o goleiro deu conta do recado. Excelentes defesas, fazendo com que nada abalasse o Paraguaio, no qual os botafoguenses estavam apostando tudo. Outro jogador bem no jogo foi Marcelo Benevenuto, que substituiu o capitão Joel Carli, e teve ótimo posicionamento, tirando muitas bolas altas.

Rodrigo Pimpão também foi essencial na partida, sempre com força de vontade. O Botafogo voltou sem mudanças, mas apostava cada vez mais nos contra-ataques com força, velocidade e passes mais precisos.

Zé Ricardo identificou uma deficiência no lado direito do Fogão, colocou o Pimpão mais para a direita, que trouxe uma ótima segurança no restante da partida e jogou Erik, o herói da noite, para um lado não muito explorado para o jogador, o esquerdo. Mas que foi uma boa opção para o jogo, uma jogada certeira.

Jean teve uma ótima visão da passagem de Erik e lançou a bola de forma rápida, e com a agilidade e rapidez do camisa 11, ele abriu o placar para o alvinegro. Depois de um gol e quase o confronto definido, veio a expulsão de Marcinho, mas que não mexeu psicologicamente com a equipe de Zé Ricardo.

O Botafogo já estava mais tranquilo com o gol e colocava mais a bola no chão. Erik mais uma vez veio para mostrar que quer ser protagonista do Fogão. Foi muito rápido na partida, e decisivo, e foi o melhor jogador em campo. E para fechar o caixão argentino, Alex Santana fez um lingo gol do meio de campo, no qual foi muito importante para a decisão do jogo, com muito bem posicionamento e movimentação.

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar