Série B

Após 13 anos, o Fortaleza voltará à Série A do Brasileiro em 2019.

Com uma campanha irretocável, o Fortaleza garantiu vaga na série A do Campeonato Brasileiro de 2019, após vencer o Atlético-GO por 2 a 1 fora de casa. O clube alcançou 32 rodadas na liderança do campeonato e, depois de inúmeras decepções na última década na Série C, conseguiu assegurar o acesso sem maiores problemas. O técnico Rogério Ceni dá a volta por cima e se destaca na liderança e organização da equipe, após um início de carreira conturbado como treinador no São Paulo.

Neste sábado (04/11), o Fortaleza assegurou uma das quatro vagas na próxima edição da Série A do campeonato Brasileiro. O clube teve uma arrancada admirável na Série B, com 19 vitórias, 7 empates e somente 8 derrotas. Hoje, após vencer o Atlético-GO fora de casa, o Fortaleza chegou a 64 pontos, não podendo ser mais alcançado pelo 5º colocado da competição Vila Nova-GO, que tem 52 pontos e apenas 13 vitórias. Assim, mesmo que perca os últimos 4 jogos e o Vila Nova-GO vencer seus 4 jogos, o Leão permanecerá à frente no número de vitórias, o que já lhe garante o acesso. Durante o campeonato, somente em um período de 6 jogos, onde não conseguiu vencer, o Fortaleza tomou um susto ao ver a distância para as outras equipes diminuir. No entanto, ao voltar a vencer, o Leão se manteve na liderança e abriu novamente vantagem em relação às outras equipes.

Foto Gustavo Simão

O resultado deve ser muito comemorado pela equipe e por toda sua imensa torcida, por conta das recentes histórias de decepções, pelas quais a equipe passou. Tirando o ano passado, onde conseguiu o acesso para a Série B, o Fortaleza nos outros anos, chegava às eliminatórias finais da Série C, mas deixava a vaga de acesso escapar pelas mãos. Inclusive em jogos como mandante, o que deixava seu torcedor com uma grande desconfiança em relação ao time. Com o acesso, o Fortaleza retorna à Série A após 13 anos distante da elite do futebol nacional.

A conquista realizada pelo Fortaleza é reflexo das mudanças ocorridas na parte diretiva do clube. Com a nova diretoria, o clube ganhou um novo ânimo. Nesse processo, foi criado um centro de treinamento, acordo com novos patrocinadores, e um forte investimento nas divisões de base, que em breve, dará frutos ao clube. Foi assim, que o atual Presidente Do clube Marcelo Paz convidou o consagrado Rogério Ceni para comandar a equipe na Série B. Ao aceitar, Rogério Ceni buscou novos ares e uma oportunidade de recomeçar a sua carreira como treinador, após o fraco rendimento dirigindo o São Paulo, onde é um dos maiores ídolos da história do clube. Essa parceria, que começou com o olhar de desconfiança de alguns críticos, que viam na ida ao Fortaleza, um passo atrás na carreira. Hoje pode ser comemorada para ambos os lados.

A equipe não conta com estrelas, o destaque é a organização e o jogo coletivo da equipe. Os destaques são o goleiro Marcelo Boeck, o meio campo Dodô e o centroavante Gustavo (o Gustagol), que é o artilheiro da equipe na temporada e no Campeonato. Assim, o treinador conseguiu montar uma forte defesa que é uma das menos vasada do campeonato e fazer com que os jogadores entendessem o seu papel na história do clube e a oportunidade de buscar um “lugar ao sol”. O desejo de vitórias não acabou. Segundo Rogério Ceni, em entrevista ao final do jogo, a equipe deveria “comemorar o acesso hoje, mas amanhã já deveria pensar na continuidade do campeonato, para conseguir ganhar o título”. Para conseguir o título, o Fortaleza ainda terá mais quatro partidas, porém , mais uma vitória na próxima rodada contra o vice líder CSA e mais a combinação de alguns resultados pode dar o tão sonhado título ao Leão.

Foto Gustavo Simão
Tags
Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close