Flamengo

Após vencer com atuação abaixo, Abel diz: “já jogamos melhor”

Flamengo venceu o Athletico Paranaense no Maracanã

O Flamengo venceu o Athletico-PR neste domingo, no Maracanã. Em um jogo emocionante, o Rubro-negro carioca só conseguiu o gol da vitória nos acréscimos, com Rodrigo Caio. Depois da partida, o técnico Abel Braga falou com os jornalistas.

Confira os trechos da entrevista de Abel Braga.

Sentimento após o jogo
“Meu coração está melhor do que eu pensava. Nosso time mostrou que mesmo mal se entrega até o final.”

Pressão da torcida
“O mais importante é que os torcedores foram para casa satisfeitos. Venceu e fez uma coisa que se dizia que faltava, que era acreditar e essa coisa toda. Esse ambiente criado entre nós e os jogadores é fantástico. Eu tô feliz porque a gente tá indo pra casa com a vitória. O torcedor é soberano mas eu não vou pela cabeça dos outros. Não posso trabalhar somente em cima de resultado.”

Satisfeito com o desempenho?
“O Flamengo já jogou melhor na temporada. Do outro lado tem um grande time. O time deles é fabuloso, jogadores que jogam juntos há dois anos, treinador que os conhece. E não importa se do outro lado estão os reservas, tem que ver a camisa. Nós jogamos contra o Vasco com reservas e mostramos que todos querem demonstrar serviço.”

O passado tricolor tem a ver com as críticas?
“Eu gosto do Fluminense porque eles formaram o meu caráter. O torcedor disse que o Flamengo não precisa de mim, mas os meus jogadores precisam de mim. Eu não vou ser hipócrita de dizer que gostaria de ouvir aquilo (xingamentos), mas aquilo mexeu com os meus jogadores também. Eu vou continuar fazendo meu trabalho da mesma maneira. Eu estou num grande clube, um dos maiores do mundo e isso me orgulha.”

Diego agradou?
“Diego agradou. Me surpreendeu quando foi jogar como volante. Boa saída de bola e condução, que é característica dele. Tem o Arrascaeta também que é um grande jogador.”

Cuéllar fez falta?
“Individualmente o Piris jogou bem, mas houve mudança, como foi também na zaga. O Athletico é muito rápido e eles sabem pressionar. Cirino, Romero, Anderson… Tivemos dificuldade para sair mas o Piris e Thuler foram bem.”

Por que não colocou Arrascaeta, como sempre coloca o Diego quando é banco?
“Não adiantava eu colocar mais um meia. Foi chegando o fim do jogo e eu tive que colocar dois jogadores na área para tentar fazer o gol. Fizemos o gol de cabeça numa jogada que foi muito treinada.”

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar