Flamengo

Com um a menos durante todo o segundo tempo, Galo bate o Flamengo

Equipes se enfrentaram no Independência

O Atlético-MG venceu mais uma no Campeonato Brasileiro. No Independência, o Galo despachou o Flamengo, por 2 x 1, com gols de Cazares e Chará. Bruno Henrique fez o gol do Flamengo. É a quarta vitória do Atlético na competição, que agora soma 12 pontos. O Flamengo permanece com 7 pontos.

1º Tempo

O primeiro tempo foi muito movimentado. O Flamengo começou controlando as ações da partida e antes dos 20 minutos poderia ter aberto 2 a 0 no placar. Primeiro Éverton Ribeiro fez linda jogada pela direita e deixou Gabigol na cara, obrigando Victor a fazer grande defesa. Depois em jogada rápida pela esquerda, Renê achou Bruno Henrique nas costas da marcação. O camisa 27 entrou em velocidade e bateu cruzado. Novamente o goleiro Victor fez boa defesa, salvando o Galo.

O Atlético só foi acordar aos 25 minutos. Em cruzamento de Cazares, por baixo, pelo lado esquerdo, Ricardo Oliveira se antecipou a Léo Duarte e desviou. Diego Alves estava atento e fez defesa em dois tempos e salvou o Flamengo. Dois minutos mais tarde, a defesa do Flamengo se atrapalhou. Diego Alves saiu jogando com Renê, que recuou para Rodrigo Caio. O zagueiro foi sair jogando e viu Ricardo Oliveira o atrapalhar. A bola sobrou para Cazares dentro da área, que com muita calma e extrema categoria, limpou Léo Duarte e Rodrigo Caio e com Diego Alves já caído, só teve o trabalho de empurrar para o gol.

A vantagem atleticana, porém, não durou muito tempo. Somente três minutos mais tarde o Flamengo chegou ao empate com o artilheiro Bruno Henrique. Jogada que começou na direita com Arrascaeta, que deixou a bola com Gabigol. Ele entregou atrás com Arão, que virou o jogo com Bruno Henrique. O atacante do Flamengo recebeu na entrada da área e limpou Guga e Réver com um só corte. Depois o camisa 27 bateu forte e cruzado, sem chances para o goleiro Victor.

Aos 45 minutos o Flamengo quase virou. Contra-ataque rápido do Flamengo pela direita e Éverton Ribeiro cruzou para Bruno Henrique. Após cabeceio, o goleiro Victor salvou o Atlético de novo. Antes do fim do primeiro tempo ainda deu tempo de Elias ser expulso. No lance desse contra-ataque citado anteriormente, Elias chegou forte em Renê e pegou o tornozelo do lateral-esquerdo do Flamengo. Após o lance seguir, o juiz aplicou o cartão amarelo fora do lance. Com o auxílio do árbitro de vídeo, o juiz voltou atrás e expulsou Elias.

2º Tempo

A segunda etapa não poderia começar melhor para o time mineiro. Jogando com um a menos, Chará fez um golaço com menos de dois minutos. Léo Duarte tentou cortar uma bola de cabeça dentro da área mas tirou fraco. A bola sobrou para o colombiano, que sem ângulo, soltou uma bomba sem chances para Diego Alves.

Após o gol, o Atlético-MG não se acomodou e continuou indo para cima, em busca do terceiro. O Flamengo, com um a mais em campo e um a menos no placar, não tinha outra escolha a não ser se expor e partir pra cima. O técnico Abel Braga mexeu no time e colocou o Flamengo pra cima. Tirou o meia Arrascaeta e o zagueiro Léo Duarte e colocou os atacantes Vitinho e Lincoln.

Já na segunda metade da etapa final, o Atlético não saía mais como no início e a alternativa era esfriar o jogo fosse com a bola no pé, fosse com a bola parada a seu favor. O Flamengo ia para cima desesperadamente em busca do gol de empate e com isso os espaços na defesa ficavam abertos, com o Galo tendo os contra-ataques a favor.

Aos 27 minutos o empate rubro-negro quase chegou. Após cobrança de escanteio pelo lado direito, a bola voltou para o mesmo lado. Éverton Ribeiro viu a passagem de Vitinho e deixou para o camisa 11 na linha de fundo. Ele cruzou e Lincoln apareceu dentro da área para desviar, porém a bola foi por cima.

Abel colocou mais um atacante, dessa vez no lugar de outro jogador de frente. Saiu Gabigol e entrou o colombiano Berrío. Enquanto isso, Victor continuava salvando o Galo. Aos 34 minutos, Vitinho recebeu na esquerda, cortou para o meio e bateu cruzado. A bola veio variando e o goleiro do Atlético pegou. Aos 36, novamente o Flamengo tirou o grito de “uh!” do seu torcedor. Éverton Ribeiro levantou na segunda trave e Rodrigo Caio subiu e cabeceou. A bola passou por todo mundo sem ninguém desviar e mesmo assim quase morreu no fundo das redes.

O Flamengo seguia atacando e o jogo se transformava num verdadeiro ataque contra defesa. Éverton Ribeiro cruzou da esquerda e Lincoln subiu mais que Patric para desviar. A bola passou à esquerda de Victor. São Victor, como chamam os atleticanos, mais uma vez salvou o Galo. Aos 42, Renê pegou sobra na entrada da área e bateu rasteiro. A bola desviou e quase matou o goleiro, que com muito reflexo, conseguiu evitar o empate do Flamengo.

O Flamengo tentava de qualquer jeito o empate, mas o Galo conseguiu se segurar e conquistou mais três pontos.

Próximos compromissos

O Atlético volta a campo na próxima terça-feira, às 21h30 (de Brasília). Os mineiros vão encarar os chilenos do Union La Calera, no Estádio Nicolás Chahuán, no Chile. O jogo é válido pela segunda fase da Copa Sul-Americana. O Flamengo folga durante a semana e só volta a campo no próximo domingo (26), contra o Athletico-PR, no Maracanã. O jogo é valido pelo Campeonato Brasileiro e a bola rola às 16h (de Brasília).

 

Ficha Técnica

Atlético-MG 2 x 1 Flamengo

Campeonato Brasileiro – 5ª rodada

Local: Arena Independência (Minas Gerais)

Data: 18/05/2019 (sábado)

Horário: 19h (Horário de Brasília)

Público presente: 13.616 pessoas

Gols: Cazares (27’/1ºT), Bruno Henrique (30’/1ºT) e Chará (1’/2ºT)

Cartões Amarelos: Victor, Luan (Atlético-MG) e Hugo Moura (Flamengo)

Cartões Vermelhos: Elias (Atlético-MG)

Atlético-MG: Victor, Guga, Réver (Leonardo Silva), Igor Rabello, Patric; Zé Welison, Elias, Cazares (Vinícius), Chará, Luan; Ricardo Oliveira (Adílson). Técnico: Rodrigo Santana

Flamengo: Diego Alves, Pará, Léo Duarte (Vitinho), Rodrigo Caio, Renê; Cuéllar, Arão, Arrascaeta (Lincoln), Éverton Ribeiro, Bruno Henrique; Gabigol (Berrío). Técnico: Abel Braga

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar