BasqueteNBB

Botafogo bate Mogi das Cruzes e já está em 5° no NBB

Equipe de Léo Figueiró perde os três primeiros quartos, mas reage no último e vira pra cima da equipe de Mogi

O Botafogo conseguiu sua segunda vitória consecutiva no NBB, ao bater o Mogi das Cruzes por 90 x 86, no Ginásio Oscar Zelaya. Com grande atuação do trio Jamaal, Ralfi e Arthur, a equipe de Léo Figueiró fez ótimo último quarto e conseguiu uma virada importante que colocou a equipe na 5° colocação na competição.

Diferentemente da partida contra o Paulistano, o Botafogo não começou bem a partida. A equipe de Mogi, comandada por Arthur Pecos, chegou a abrir seis pontos de diferença no placar, porém o técnico Léo Figueiró lançou Ralfi Ansaloni na partida e o pivô deu outra cara ao time do Botafogo, fazendo 10 pontos só no primeiro quarto e colocando o Botafogo na partida de novo. Mas o Mogi fechou o quarto vencendo por 24 x 22.

Com Gruber e Shamell no comando, o Mogi seguia melhor que o Botafogo, no segundo quarto. Ralfi Ansaloni seguia sendo o destaque do Botafogo, juntamente com Jamaal. Mas a equipe de Mogi da Cruzes administrou bem a partida e permaneceu na frente durante todo o quarto. O segundo quarto fechou 49 x 44 para a equipe de Mogi.

No terceiro quarto, o jogo coletivo do Botafogo começou a aparecer, com seis jogadores diferentes pontuando. A equipe de Mogi seguia sendo comandada por Arthur Pecos e Gruber, mas acabaram perdendo o quarto por 21 x 18, porém seguiam na frente no geral. O terceiro quarto terminou com o Mogi vencendo por 67 x 65.

No último e derradeiro quarto, o Botafogo se impôs e conseguiu pela primeira vez passa a frente do placar na partida, em uma cesta de três pontos de Ralfi, no começo do quarto. O Mogi chegou a recuperar a dianteira do placar, mas com Arthur inspirado, acertando 100% dos chutes, marcado 10 pontos, o alvinegro conseguiu botar 10 pontos de diferença no quarto e depois conseguiu administrar bem o resultado. Shamell e JP Batista tentavam uma reação por parte do Mogi, mas o baixo aproveitamento nos lances livres da equipe Paulista acabou comprometendo o resultado. O Botafogo fechou a partida em 90 x 86.

Jamaal com 18 pontos e 13 assistências, Ralfi com 26 pontos e 12 rebotes e Arthur com 20 pontos e sete rebotes, foram os grandes nomes do Botafogo na partida. Shamell com 27 pontos e JP Batista com nove rebotes, se destacaram pelo lado de Mogi.

No fim da partida, Léo Figueiró falou qual foi o diferencial para a vitória da sua equipe, mesmo encarando uma forte equipe sem dois de seus principais jogadores.

To muito contente com a entrega deles, com o empenho deles de buscar o resultado, mesmo com as dificuldades que passamos essa semana com as ausências de Coelho e de Cauê, que são peças fundamentais pro nosso esquema. Os que vieram, vieram com muita disposição, muita vontade e eu acho que isso ai foi a grande diferença, pois o Mogi é uma grande equipe.

O próximo adversário do Botafogo será o Corinthians, na próxima sexta (9), no Ginásio Oscar Zelaya, às 21 horas e 10 minutos.

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close