Botafogo

Botafogo lamenta morte de Beth Carvalho e declara luto

A cantora alvinegra tinha 72 anos e era conhecida como Madrinha do Samba

Beth Carvalho, cantora e torcedora alvinegra morreu aos 72 anos, nesta terça-feira (30), no Rio de Janeiro, após dois meses internada. Ela estava internada no Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, Zona Sul da cidade, desde o início de 2019. A causa da morte foi infecção generalizada.

Com mais de 50 anos de carreira, dezenas de discos gravados e muitos sucessos como “Andança” e “Coisinha do pai”, Beth Carvalho era considerada madrinha de artistas como Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz e Jorge Aragão. O Botafogo declarou luto oficial e se colocou à disposição da família o Salão Nobre de General Severiano para a realização do velório.

Confira a nota de falecimento feita pelo Botafogo

Com imenso pesar e tristeza, o Botafogo de Futebol e Regatas comunica o falecimento de Beth Carvalho, a eterna Madrinha do Samba. A cantora morreu na tarde desta terça-feira, aos 72 anos, após dois meses internada. A causa não foi divulgada. O Clube coloca à disposição da família o Salão Nobre de General Severiano para a realização do velório.

Em mais de 50 anos de carreira, Beth Carvalho marcou por suas músicas, suas composições, seus discos e por ser madrinha de diversos artistas. 

Durante toda a vida, sempre deu efusivas demonstrações de amor ao Botafogo e embalou a torcida com clássicos como “Vou Festejar” e “Botafogo campeão (Esse é o Botafogo que eu gosto)”.

O Botafogo manifesta toda solidariedade a familiares, amigos e fãs, hasteia sua bandeira a meio mastro e decreta luto oficial de três dias. O Clube solicitará um minuto de silêncio na partida contra o Bahia, marcada para esta quinta-feira no Estádio Nilton Santos.

Botafogo de Futebol e Regatas

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar