Futebol de baseSeleção BrasileiraSub-20

Brasil perde para a Venezuela no Sul-Americano Sub-20

No último confronto entre as seleções, Rodrygo fez dois gols. Dessa vez, foi expulso.

A Venezuela bateu o Brasil na segunda rodada do Sul-Americano Sub-20. Hurtado foi o autor dos dois gols da partida. O jogo começou às 23 horas na sexta-feira (01/02), no Estádio El Teniente, em Rancagua, no Chile.

PRIMEIRO TEMPO

O Brasil começou o jogo de forma incisiva. Logo aos três minutos, Marcos Antônio chutou contra o gol adversário. A bola foi para fora, a direita, mas indicava uma seleção ofensiva. No entanto, do outro lado tinha a Venezuela. O time do técnico Rafael Dudamel tinha uma obediência tática invejável. Se defendia com boa parte dos jogadores e atacava com os principais nomes.

Os venezuelanos faziam uma marcação avançada. Isso impedia que os zagueiros Vitão e Walce saíssem jogando com a bola, os obrigando a fazer lançamentos. Aos poucos, o Vinho Tinto ia encontrando os espaços. Em um lance, Palmezano entregou para Yriarte que finalizou forte no travessão. Dava para sentir que o placar não ficaria igualado por muito tempo. E não ficou. Minutos depois, Hurtado recebeu próximo a área e descolou uma bela jogada pra cima da defesa amarela. Por fim, ele conseguiu bater e acertou o canto direito do goleiro Phelipe, que deixou passar.

Daí em diante, a seleção canarinho deu início a blitz pelo gol de empate – que não veio. A equipe tentava criar jogadas. Rodrygo e Igor eram os principais articuladores. Rondavam a área mas não conseguiam penetrar. Também houveram iniciativas pelos lados do campo e chutes de fora da área. Nada disso foi efetivo graças a defesa sólida e compacta que tinha do outro lado.

SEGUNDO TEMPO

Hurtado voltou a dar trabalho logo no reinício da partida. O camisa 9 fez isso por diversas vezes ao longo do jogo. Sosa era outro que incomodava. Teve a oportunidade de ampliar em uma falta frontal, uma das virtudes dele, mas não aproveitou. Rodrygo também tentou na bola parada. Foi melhor que o adversário na ocasião, mas não fez o time sair de trás do placar.

Por vezes, os canarinhos até chegavam com perigo, mas viam os venezuelanos atuando melhor. Mesmo com todo sofrimento em virtude das chegadas brasileiras, a equipe não se desesperava. Sempre que podia, engatava em um contra-ataque perigoso. Já próximo do fim, Hurtado deu o veredito. Matou no peito com tranquilidade dentro da área e cabeceou para dentro da rede.

O Brasil se encontrava perdido em campo. Os jogadores estavam nervosos e impacientes. O número de cartões amarelos para o time de Carlos Amadeu denunciava isso. Foram cinco, contra nenhum para a Venezuela. A situação da seleção ficou ainda mais complicada quando Rodrygo, que perdeu a cabeça, recebeu um cartão vermelho direto, em uma entrada dura, e foi expulso.

Ficha Técnica

Venezuela x Brasil

Sul-Americano Sub-20 – Hexagonal Final: 2ª Rodada

Local: Estádio El Teniente, Rancagua (CHI)

Data: 01/02 (Sexta-feira)

Horário: 23h10 (Horário de Brasília)

Gols: Hurtado (2x)

Cartões amarelo: Rodrygo, Thuler, Carlos, Igor, Walce e Luan Cândido (Brasil)

Cartão vermelho: Rodrygo

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar