Vasco da Gama

Cabofriense bate Vasco no Espírito Santo e assume liderança

Gigante da Colina criou diversas chances criadas, a falta de pontaria, George e a trave impediram o gol nesta tarde de sábado

A Cabofriense venceu o Vasco por 2 a 0, nesta tarde de sábado, em Cariacica. O resultado marca o término da invencibilidade cruzmaltina em 2019 e a ascensão do Tricolor Praiano à liderança do Grupo C. Nem mesmo criar mais chances em relação as últimas partidas, foi necessário para o Vasco escapar da derrota.

O Vasco continua com cinco pontos na terceira posição do Grupo B, enquanto a Cabofriense, que antes era terceiro, assume a liderança do Grupo C com 9 pontos em 12 disputados. A única derrota, neste turno, foi para o Fluminense.

Confira outras notícias do Vasco da Gama

O JOGO

Primeiro tempo

As iniciaram a partida de maneira cautelosa, sem se expor muito. O Vasco controlava a posse de bola e tentava chegar ao ataque trocando passes, abrindo o jogo pelas pontas.

Aos 9 minutos de jogo, o Vasco consegue uma falta à seu favor, Bruno César cruza na área, Marrony cabeceia sozinho na pequena área e manda no travessão. Quase o Vasco sai na frente. No lance seguinte, aos 11 minutos, Watson faz o cruzamento da direita procurando alguém na área, a bola desvia em Henríquez e sobra para Rincon, que aparece sozinho e de joelho coloca para o fundo das redes. Cabofriense 1 a 0.

Uma das críticas ao time de Alberto Valentim nas partidas passadas era a dificuldade de criar jogadas claras de gol, chegar com facilidade cara à cara do goleiro. A partir do gol sofrido, inúmeras oportunidades para empatar a partida. O Vasco chegou ao ataque de maneiras diferentes. Na bola parada com Cláudio Winck, nos cruzamentos de Bruno César e Rossi, na bola aérea de Ribamar, e até mesmo com William Maranhão buscando a finalização de fora da área.

Aos 40 minutos, Rossi fez cruzamento rasteiro, Ribamar, sozinho, empurrou para dentro do gol. O Gigante da Colina chegava ao gol de empate, porém o bandeira assinalou corretamente o impedimento de Ribamar que estava um pouco à frente em relação ao último homem da linha.

Com a etapa inicial chegando ao fim, o Vasco ainda conseguiu criar mais uma chance. Mais uma desperdiçada. Rossi cruzou rasteiro, novamente pela direita. Desta vez quem apareceu foi Marrony fechando na segunda trave, mas a bola passa do pé do atacante.

Segundo tempo

No começo do segundo tempo, ficou claro que os times seguiriam jogando da mesma maneira. Ataque x Contra-ataque, Vasco x Cabofriense. Logo aos 6 minutos, Ribamar domina a bola na grande área e finaliza forte, atento, George espalma para fazer boa defesa.

Na marca dos 22 minutos do segundo tempo, uma linda bola do Thiago Galhardo para Rossi. O camisa 7 mostrou categoria, dominou a bola no ar e finalizou. O goleiro George fez boa defesa e no rebote o próprio Rossi tentou de cabeça, ainda no chão George defendeu com as pernas. O goleirão salva a Cabofriense.

Abaixo o vídeo do lance, da defesa de George. (Vídeo por: @FFERJ)

No minuto seguinte, novamente Rossi aparece bem no ataque, cruza para Marrony, que na pequena área, sozinho, cabeceia para fora. Mais uma chance desperdiçada pelo Vasco.

Já na altura dos 34 minutos da etapa final, a Cabofriense matou o jogo. Na cobrança de escanteio de Anderson Rosa, Fernando Miguel saiu mal do gol e Bruno Lima aproveitou para de cabeça mandar para o fundo da rede e deixar o Tricolor Praiano mais próximo da vitória. Cabofriense 2 a 0 Vasco.

A segunda melhor defesa da competição, o Vasco viu sua dupla de zaga, Luiz Gustavo e Oswaldo Henríquez totalmente desentrosados em campo. Mas há mérito também no trabalho de Valdir Bigode. A Cabofriense se mantinha compacta, os jogadores mostraram tranquilidade, para mesmo após 88 minutos de jogo se defendendo e contra-atacando, resistir ao ataque vascaíno.

Ao apagar das luzes em Cariacica, aos 44 minutos, Yago Pikachu levanta a bola na área e Rossi sobe bem e cabeceia para mais uma ótima defesa de George. Uma partida sem erros do goleiro, para selar de vez a vitória do Tricolor Praiano.

Fim de jogo, Cabofriense 2 a 0 Vasco.

Ficha Técnica

Cabofriense 2 x 0 Vasco

Campeonato Carioca – Taça Rio – 4ª Rodada

Local: Estádio Kléber Andrade, Cariacica (ES)

Data: 17/03 (Domingo)

Horário: 16h (Horário de Brasília)

Equipe de Arbitragem

Árbitro:  Marcelo de Lima Henrique

Assistentes:  Jackson Massarra dos Santos e Wagner Almeida dos Santos

Cartões Amarelo: Cabofriense – Bruno Lima e Abuda; Vasco – Henrique e Oswaldo Henríquez.

Gols: Cabofriense – Rincon, 11’/1°T e Bruno Lima, 34’/2ºT.

Escalação do Cabofriense – Técnico: Valdir Bigode

George, Watson, Bruno Lima, Igor e Marlon; Rafael Pernão, Anderson Rosa, Abuda, Marcus Índio (Manoel) e Gama; Rincon (Kaká Mendes).

Escalação do Vasco – Técnico: Alberto Valentim

Fernando Miguel, Cláudio Winck (Yago Pikachu), Luiz Gustavo, Henríquez e Henrique; Raul (Thiago Galhardo) e Willian Maranhão, Rossi, Bruno César e Marrony; Ribamar (Tiago Reis).

Na próxima rodada, o Vasco encara o Resende no Raulino de Oliveira, às 21h30 da próxima quarta-feira (20). No dia seguinte, a partir das 19h30, a líder do Grupo C, Cabofriense, mede forças com o Volta Redonda, a quarta melhor equipe na classificação geral.

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar