Flamengo

Marcelo Salles se diz satisfeito com o resultado e que o time buscou o simples

Técnico interino do Flamengo falou após o jogo no Nilton Santos

O Flamengo venceu o Fortaleza, neste sábado, no Estádio Nilton Santos, por 2 a 0. Com dois gols do atacante Gabriel Barbosa, o Flamengo conseguiu a vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro. Após o jogo, o técnico interino do Flamengo, Marcelo Salles, conversou com os jornalistas em entrevista coletiva.

Confira trechos da entrevista de Marcello Salles.

Avaliação do jogo
“Sempre bom estrear com vitória. Nosso grupo precisava desse resultado hoje. Independente da competição, é sempre bom ganhar.”

Conversa com os jogadores e opção por três meias
“O papo com os jogadores foi tranquilo, já tínhamos esse contato. O Abel me dava liberdade para falar com eles. A opção dos três jogadores foi porque são muito eficientes, que sabem trabalhar bem a bola. A equipe deles se fecha muito bem e precisávamos trocar bem os passes.”

Semana no Flamengo
“Semana intensa, teríamos um treino normal na quarta, mas teve a saída do Abel. São 11 anos de Flamengo, inúmeros títulos e finais. Sempre tivemos em momentos decisivos e isso me deu caixa pra chegar aqui e encarar bem. Todo mundo que está aqui tem que estar preparado pra jogo grande.”

Expectativa dos jogadores pela chegada do novo técnico
“Não conversei com os atletas sobre isso, até porque estávamos focados no jogo. Mas todo já estava ciente da contratação, sabia que estava bem encaminahndo. Recebemos bem a notícia. Tenho 4 jogos antes da chegada do Jorge Jesus e vou encarar com tranquilidade.”

Ausência de De Arrascaeta
“A gente perdeu o Arrascaeta, é um desfalque muito grande. A gente sabe do grupo que temos aqui, e sabemos que quem entrar vai corresponder à altura.”

Jogadores poupados
“Renê e Bruno Henrique foram poupados. Não devemos ter Arrascaeta e Trauco contra o Corinthians, então achamos melhor segurar um pouco. O Bruno sentiu uma dorzinha, nada demais, então achamos melhor entrar com outra opção.”

Preparação para o próximo jogo
“Temos que trabalhar. Muita conversa com quem não jogou, trabalho para recuperar quem jogou e tentar dar o melhor no proximo jogo.”

Estilo de mais troca de passes
“Não tem como jogar com bola longa com três jogadores tão talentosos na frente (Diego, Arrascaeta e Everton Ribeiro). Sabíamos que uma hora eles achariam o Gabriel e posicionamos o Gabriel para isso.”

Jorge Jesus
“A vinda do Jorge é um crescimento na minha vida profissional. É uma escola que eu gosto muito. A vinda dele vai me ajudar na minha vida pessoal e vai acresventar muito na minha carreira.”

Relação da torcida com o novo técnico
“A torcida é muito inteligente. Eles já sabem quem tá vindo, eles já estudaram. A Nação nos aconselha. Sobre Diego e Arrascaeta, o Arrascaeta deve estar na seleção, então eu não vou ter mais os dois juntos. O Jorge Jesus fica com essa dor de cabeça quando assumir.”

Má pontaria
“Às vezes perdemos muitos gols mas o importante é a criação. Nossa orientação é de que fôssemos o mais simples possível e que o gol sairia naturalmente.”

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar