Vasco da Gama

Na coletiva pós-jogo, Valentim afirma sobre a invencibilidade: “a gente não está preocupado”

Com empate no fim do jogo, Vasco se manteve invicto na temporada

O primeiro Clássico dos Milhões de 2019 terminou empatado em 1 a 1. O Arrascaeta abriu o placar para o Flamengo no início do segundo tempo e o Vasco empatou no último lance do jogo. Uma partida emocionante e polêmica. Após o jogo Alberto Valentim concedeu coletiva de imprensa, falou sobre tática, a invencibilidade da equipe e do pênalti a favor do Vasco.

Confira outras notícias do Vasco da Gama

A FALTA DE ORGANIZAÇÃO NO SEGUNDO TEMPO

” Em alguns jogos e algumas situações, em determinado momento do jogo, você acaba fugindo um pouco do que você treina, daquilo que se planejou taticamente falando. A gente estava em desvantagem, precisávamos buscar o empate, então foge um pouco da estrutura de jogo que estávamos, pois o nosso time é muito compacto.”

“Talvez hoje o estivesse com uma pressa, uma rapidez maior de chegar ao gol do Flamengo. Por isso as vezes vai mais naquela vontade, fazer com que a bola chegue mais rápido e então não tem como compactar mais o time. Mas a ideia e até foi um pedido meu, é que nós estivéssemos serenos, tranquilos para buscar o empate até o final – concluiu o técnico.”

A INVENCIBILIDADE DO VASCO

“Nós queremos somar o máximo possível de pontos. E hoje se fala nisso pois a gente consegue fazer isso só empatando e vencendo, mas a gente não está preocupado (com a invencibilidade). ‘Ah vamos tentar empatar o jogo hoje aqui porque vamos perder a invencibilidade’. De forma alguma, nós queríamos empatar para nós somarmos, pois o regulamento te dá a vantagem quanto mais pontos você fizer.”

O técnico se negou a falar sobre uma confusão, após o fim do jogo, no túnel dos vestiários (Foto: Leonardo Machado/Rádio Opinião)

FALTA CRIATIVIDADE AO MEIO-CAMPO

“A gente está procurando melhorar, é uma cobrança que eu faço, mas a gente tem jogado muito no campo do adversário. Se não me engano, nós somos o primeiro ou segundo time, entre os 20 da Série A, que consegue chegar com menos posse de bola no gol do adversário. Estamos invictos e para isso acontecer não é só a fase defensiva. Precisamos melhorar em todos os aspectos até na fase defensiva, essa cobrança de melhorar faz parte das duas fase do jogo.”

O PÊNALTI A FAVOR DO VASCO

“Os jogadores vão ver depois com calma, acredito eu, o Flamengo verá que foi pênalti claro. Não precisava aquela aglomeração toda em cima do árbitro.”

EMPATE COM GOSTO DE VITÓRIA

“Dependendo como foi o empate, é lógico que o nosso vestiário estava muito mais feliz que o do Flamengo por causa da circunstância do gol de empate, foi no último minuto. O sabor de um ponto é muito mais saboroso para nós. Mas eu repito o que já havia falado antes do jogo, que independente de qual fosse o resultado hoje a gente continua a nossa caminhada. Agora é virar a chave, temos um compromisso muito importante contra o Avaí na quinta-feira.”

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar