BotafogoCampeonato Brasileiro

Com gol de Luiz Fernando, Botafogo bate Chapecoense e respira no Brasileirão

O Botafogo deu um enorme passo para fugir do rebaixamento, ao bater a Chapecoense por 1×0, gol de Luiz Fernando. Com a vitória, o Botafogo foi para 11° posição e viu a distancia para o G-6 (seis pontos) ficar menor do que a distancia para a zona de rebaixamento (sete pontos).

O JOGO

A partida começou bem equilibrada, com a Chapecoense tentou chegar primeiro, com Leandro Pereira aos três minutos, mas a defesa do Botafogo conseguiu proteger e ficar com a bola. Aos cinco, o primeiro chute, com Léo Valência, porém fraco, sem problemas para Jandrei.

Bruno Pacheco respondeu aos sete, em tentativa de cruzamento, a bola acabou ficando fácil para Gatitio Fernandez. Aos 13, os Catarinenses pressionaram e tentaram por duas vezes jogar a bola na área do Botafogo, porém em ambas a zaga cortou, no rebote, Amaral pegou de fora de área, porém a bola foi fraca e acabou saindo, sem perigo para Gatito.

O Botafogo respondeu aos 19, quando Valência acionou Marcinho pela direita. O Lateral levantou a cabeça e cruzou rasteiro para Erik, que na marca do pênalti, pegou mal na bola e jogou pra fora. Aos 22, Bruno Pacheco cobrou falta, a zaga rebateu, a bola sobrou na marca do pênalti para Douglas, que pegou mal na bola e jogou pra fora.

Carli, de cabeça, aos 25, após cobrança de escanteio, quase marca para o Botafogo. O jogo perdeu um pouco de ritmo depois disso, mas aos 37, em cruzamento de Bruno Pacheco, Carli fez belo corte. Por pouco essa bola não chega em Leandro Pereira. O Botafogo chegou a abrir o placar aos 43, com Luiz Fernando, mas o gol foi anulado, pois Erik estava impedido na origem do lance. O primeiro tempo terminou 0x0.

No segundo tempo, logo aos um minuto, Leandro Pereira recebeu boa bola, fez o pivô, girou pra cima de Carli e bateu para a boa defesa de Gatito Fernandez. A Chapecoense voltou melhor pra segunda etapa e aos 11 construiria mais uma chance com Elicarlos, que arriscou de longe, mas Gatito botou pra fora.

O Botafogo só foi construir alguma coisa aos 14, quando Léo Valência chutou para mais uma defesa de Jandrei. aos 15 a Chapecoense respondeu com chute de Dolfo, mas Igor Rabello cortou no caminho. Aos 25, Diego Torres que havia entrado no lugar de Canteros, cobra a falta que passa por cima do gol.

Aos 27 o Botafogo abriu o placar. Após jogada de Pimpão pela esquerda, que entrou no lugar de Erik, Valência deu bom passe de primeira para Luiz Fernando fuzilar de perna esquerda e dar números iniciais ao placar. Foi o sétimo gol de Luiz Fernando com a camisa do Botafogo e terceiro no Brasileiro.

Daí pra frente o jogo ficou amarrado. A Chape tentava pressionar o Botafogo, mas sem nenhuma criatividade. A equipe de Zé Ricardo se defendia bem e dava poucos espaços. Aos 40 da segunda etapa, Diego Torres tentou uma finalização, mas a bola desviou e foi pra fora. O Botafogo se defendia bem e foi assim até o término da partida.

O Botafogo conseguiu sua terceira vitória fora de casa, nessa edição do Brasileiro e fica praticamente livre da zona de rebaixamento. O próximo adversário do alvinegro carioca, será o Internacional, no próximo domingo, no Estádio Nilton Santos.

Botafogo: Gatito; Marcinho, Rabello, Carli e Moisés; Dudu Cearense (Marcelo Benevenuto), Matheus Fernandes e Léo Valencia (Renatinho); Erik (Pimpão), Luiz Fernando e Brenner. Técnico: Zé Ricardo.

Chapecoense: Jandrei; Eduardo, Douglas, Fabricio Bruno e Bruno Pacheco (Alan Ruschel); Amaral, Elicarlos, Canteros (Diego Torres) e Dolfo (Bruno Silva); Wellington Paulista e Leandro Pereira. Técnico Claudinei Oliveira

Cartões Amarelos: Amaral (Chapecoense), Matheus Fernandes e Erik ( Botafogo)

Renda e Público:  17.261 pessoas para uma renda de R$ 255.850,00.

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Pular para a barra de ferramentas