Futebol de baseSão PauloSub-20Vasco da Gama

Copinha: Vasco perde nos pênaltis e São Paulo é campeão pela quarta vez

Como a 27 anos atrás, em 1992, a final foi para os pênaltis, mas desta vez o São Paulo levou a melhor e conquistou o título

Nos pênaltis, o São Paulo superou o Vasco por 3 a 1, para conquistar seu quarto título da Copa São Paulo de Futebol Júnior. No tempo regulamentar as equipes empataram em 2 a 2. Apesar de não conquistar o título, o Vasco pode aproveitar atletas que mostraram capacidade para jogar no profissional.

Confira outras notícias do Vasco da Gama

Antes do jogo, tempo ainda para uma ação simbólica dos atletas do Tricolor . Os jogadores rasparam a cabeça em homenagem a pequena Larissa Martins, que luta contra um câncer no cérebro e é torcedora do São Paulo.

Nas oitavas, contra o Mirassol, Antony marcou um gol e dedicou a Larissa. (Foto: Divulgação/São Paulo F.C)

O JOGO

A partida começou com o São Paulo com maior controle da posse, porém o Vasco pressionava a saída de bola e obrigava os tricolores a buscarem a ligação direta ao ataque.

A primeira chance clara de gol na partida, foi do São Paulo aos 16 minutos. Paulinho tocou para Gabriel Novaes na esquerda, o atacante carregou a bola em velocidade, invadiu a área e driblou dois marcadores, mas na hora da finalização mandou por cima do gol do goleiro Alexander. Seria um lindo gol.

Os Meninos da Colina tinham dificuldades de desenvolver seu jogo de passes curtos, sempre interceptados ou desarmados. Enquanto o Tricolor Paulista conseguia espaço para, agora sim, trocar passes, após muito ter utilizado os passes longos e diretos. Domínio total do São Paulo na partida.

Com 38 minutos de jogo, Antony na direita cruzou para Gabriel Novaes de cabeça abrir o placar. São Paulo 1 a 0. Gabriel Novaes artilheiro da Copinha agora com 10 gols.

Na volta do intervalo, além da chuva, ventava muito no Pacaembu. O Vasco porém, começava o segundo tempo da mesma maneira que terminou a etapa inicial, apático. E logo aos 7 minutos do segundo tempo, Antony recebeu uma linda enfiada de bola, ganhou na corrida de Gabriel Norões e driblou o mesmo para chutar para o fundo das redes. São Paulo 2 a 0.

Após o segundo o gol, o Tricolor Paulista começou a ceder espaços para o Vasco no ataque. No minuto seguinte Tiago Reis carregou a bola pela direita e tocou para Linnick que recebeu sozinho dentro da área, o volante chutou rasteiro e fraco para o goleiro Thiago Couto fazer uma defesa simples. Na marca dos 11 minutos, o Vasco chegou com perigo ao ataque na bola parada. Lucas Santos cruzou e Caio Lopes sozinho na pequena área desviou a bola para as mãos do goleiro Thiago Couto.

Aos 14 minutos, mais uma chance clara de gol, desta vez com o artilheiro do Cruzmaltino na competição. Caio Lopes deu um bom passe para Tiago Reis, que dominou e girou mas finaliza mal demais e manda por cima do gol. A terceira chance seguida perdida pelos Meninos da Colina.

Os técnicos de ambas equipes fizeram substituições na equipe. O São Paulo recuo, assumindo uma postura defensiva para segurar o resultado. No entanto, o técnico Marcos Valadares colocou o time para frente e a partir destas alterações o Vasco passou a ter maior controle da posse de bola.

Na altura dos 30 minutos do segundo tempo, uma excelente falta para o Vasco, dentro da meia-lua da grande área. Lucas Santos, cobrou a falta com muita categoria, a bola bateu no travessão e entrou para diminuir o placar. São Paulo 2 a 1 no Vasco.

Com as substituições feitas pelo técnico Orlando Ribeiro, o Tricolor se defendia, mas não conseguia partir com velocidade ao contra-ataque. Se o Tricolor tinha dificuldades em chegar ao ataque, os Meninos da Colina cresciam na partida. Com 38 minutos no tempo, Tiago Reis recebeu o cruzamento, dominou no peito e cara a cara com o goleiro Thiago Couto marcou, para empatar a partida.

Nas penalidades máximas, Tiago Reis, Gabriel Norões e Riquelme perderam. No lado Tricolor, apenas Marcos Júnior perdeu. São Paulo 3 x 1 Vasco. São Paulo campeão da 50ª edição da Copinha.

Ficha Técnica

São Paulo 2 (3 x 1) 2 Vasco

Copa São Paulo de Futebol Júnior – Final

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)

Data: 25/01 (Sexta-feira)

Horário: 15h30 (Horário de Brasília)

Público pagante: 33.199 (Presente: 37.316)

Renda: R$ 874 mil

Equipe de Arbitragem

Árbitro: Douglas Marques das Flores (SP)

Assistentes: Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP) e Fabrini Bevilaqua Costa (SP)

Quarto Árbitro: João Vitor Gobi (SP)

Cartões Amarelo: São Paulo –  ; Vasco – Ulisses.

Gols: São Paulo – Gabriel Novaes, 38’/1ºT; Antony, 7’/2ºT; Vasco – Lucas Santos, 30’/2ºT; Tiago Reis, 38’/2ºT

Escalação do São Paulo – Técnico: Orlando Ribeiro

Thiago Couto; Caio, Tuta, Morato e Welington (Lucas Sena); Diego, Rodrigo Nestor (Vitinho) e Paulinho (Marcos Júnior); Antony (Fasson), Fabinho (Weverton) e Gabriel Novaes (Edcarlos).

Escalação do Vasco – Técnico: Marcos Valadares

Alexander; Tenório, Ulisses, Gabriel Norões e Coutinho (Riquelme); Bruno (Laranjeira), Linnick (Alexandre Melo), Caio Lopes, João Pedro (Talles Magno) e Lucas Santos; Tiago Reis.

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar