Fluminense

Ex-jogador do Fluminense, Altair morre aos 81 anos

Campeão do mundo em 62 e quarto jogador que mais vestiu a camisa do Tricolor sofria de Alzheimer e teve falência múltipla dos órgãos

Altair, campeão mundial com a seleção brasileira em 1962, no Chile, e o quarto com mais partidas disputadas na história do Fluminense, morreu na madrugada desta sexta-feira. Internado em hospital de São Gonçalo, no Rio, há 15 dias, o ex-lateral-esquerdo tinha 81 anos e teve falência múltipla dos órgãos.

Na Copa do Mundo de 1962, Altair foi reserva de Nilton Santos. É o quarto jogador com mais partidas pelo Fluminense (551), tendo marcado três gols. No clube carioca, conquistou três títulos estaduais (1959, 1964 e 1969) e dois Torneios Rio-São Paulo (1957 e 1960). Foi considerado por muitos o melhor marcador que Garrincha já teve.

O ex-jogador sofria do Mal de Alzheimer desde 2013. Na época, Altair foi encontrado perdido e desorientado nas ruas de Brasília

O sepultamento está previsto para ocorrer às 17h desta sexta. Será no Cemitério Maruí, em Niterói.

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar