BasqueteNBA

Lakers, Celtics ou Knicks: Qual o destino de Anthony Davis?

Após anunciar que não irá renovar com os Pelicans e pedir para ser trocado, clubes traçam metas para trazer o jogador

Na última segunda-feira Anthony Davis anunciou que não irá renovar com o New Orleans Pelicans e ainda fez um pedido para ser trocado, pois deseja ir para um clube com chances de títulos. O anúncio esquentou o mercado da NBA e até o dia 7 de Fevereiro, último dia do período de trocas, muita coisa vai acontecer.

O time de Lousiana não deseja trocar o jogador, inclusive havia preparado uma renovação de contrato com aumento salarial à Davis. Entretanto, Davis possui uma cláusula de trade kicker no contrato, o que pode ajudar as equipes postulantes a contratar o jogador. Nela, o clube é penalizado em 5 milhões de dólares se trocar o atleta, porém, Davis pode abrir mão dela caso a franquia atenda seu pedido de troca de maneira satisfatória.

Dos três times que surgem com maior força para trazer o jogador, o Los Angeles Lakers é o favorito. Além da forte amizade entre o empresário de Davis, Rich Paul, com LeBron James; o time de L.A promete ir com uma proposta tentadora. Davis ganha pouco mais de U$$ 25 milhões, para cobrir esta oferta os Lakers estaria disposto a trocar duas de suas três maiores promessas, Lonzo Ball (U$$ 7,4M), Kyle Kuzma (U$$ 1,6M) ou Brandon Ingram (U$$ 5,7M) e para completar o montante estaria disposto a ceder Ketavious Caldwell-Pope, que tem um contrato expirante no valor de U$$ 12 milhões. Além desses jogadores, os Lakers estariam dispostos a envolver uma primeira escolha de draft na negociação.

O New York Knicks é outro time que tem desejo em contar com Anthony Davis e já estuda uma oferta de troca envolvendo seu principal jogador, Kristaps Porzings, e o calouro Kevin Knox. Além disso, estaria disposto a ceder sua 1º rodada do próximo draft. Os Knicks acreditam que Anthony Davis, além de um reforço que capacite o time para brigar pelos playoffs, seria uma grande atração para jogadores que ficarão livres no fim da temporada, como Kevin Durant, Kyrie Irving e Kemba Walker.

O Boston Celtics é outro time que tem interesse no jogador, porém a sua situação é a mais complicada de todas devido a “Rose Rule”. Nela, um clube pode assinar uma extensão em contrato de calouro com um valor acima do teto salarial, entretanto, só pode haver um jogador com este tipo de contrato. Tanto Kyrie Irving como Anthony Davis estão cumprindo este modelo de contrato, então, para o Boston resta apenas duas opções. Esperar o fim da temporada para Irving se tornar agente livre, ou envolver o jogador na troca com Davis. Caso os Celtics desejem contar com o jogador antes do fim da temporada, além de Kyrie Irving, eles devem oferecer Jaylen Brown e mais uma escolha de 1º rodada do draft dos Grizllies (protegida para top-8).

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar