Flamengo

Marcelo Salles fala sobre Jorge e Jesus e diz que time perdeu a posse de bola

Técnico do Flamengo concedeu entrevista coletiva após o empate com o Fluminense

O Flamengo empatou com o Fluminense em 0 a 0, pelo Campeonato Brasileiro, na noite do último domingo, no Maracanã.

Após empate com o Fluminense e jogo bem abaixo da média, o treinador interino do Flamengo, Marcelo Salles, concedeu entrevista coletiva e destacou alguns pontos que fizeram o rendimento do time cair em campo.

Confira trechos da entrevista de Marcelo Salles:

Proposta de jogo

Queríamos controlar o jogo porque sabemos que contra o Fluminense se você não controlar o jogo, eles controlam.

Conversa com Jorge Jesus

Nosso contato foi rápido. Conversamos hoje em torno de cinco minutos. Me desejou boa sorte no jogo de hoje. Ele quis me deixar à vontade, seguindo o programa de jogo que já estava construído. Hoje não fomos bem, ele vai querer que a gente jogue melhor. Temos consciência de que não jogamos bem. Vamos nos organizar agora para que quarta-feira possamos melhorar.

Algum conselho para o português?

Da forma que ele tem a carreira dele, eu não devo passar conselho a ele, deve ser ao contrário. É vitorioso, tem experiência internacional. É ele que vai me ensinar. Só vou passar pra ele o que eu conheço do clube.

Por que o time não jogou bem como antes?

Primeiro temos que levar em consideração o adversário. Jogamos contra o Fortaleza e muita gente achou que foi fácil. No sábado nós ganhamos porque nós é que fomos bem. Na terça era uma decisão, numa competição eliminatória. Houve um desgaste dos dois jogos e não tivemos muito tempo para treinar. Vamos tentar corrigir os erros para jogar melhor na quarta.

Entrada de Berrío e lesão de Diego

Se formos analisar individualmente, a mudança não surtiu efeito. A intenção era botar o Everton Ribeiro por dentro para ele achar as opções de velocidade do lado e com o Berrío, poder segurar um pouco o Caio Henrique pela lateral. Diego se lesionou e não sabemos a gravidade ainda. Quando nós o perdemos, perdemos também um pouco da posse de bola.

Por que o Fluminense teve o domínio?

A gente não teve a posse. Pra jogar contra o Fluminense é necessário ter a posse de bola. Quando eles têm a posse você tem que correr para trás. Não tivemos o controle que queríamos e não conseguimos empurrar o Fluminense para o seu campo de defesa.

Preparação para quarta-feira

Nossa expectativa é que possamos fazer ajustes. Em questão de treinamento é inviável. Vamos analisar em vídeo, recuperar os jogadores, fazer o ajuste e voltar a jogar bem.

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar