F1

Mariane tem Ayrton Senna como ídolo mesmo não o vendo correr por muito tempo

Mariane Neves Nunes de 31 anos, nascida e ainda mora em Brasília é uma fã incondicional de Ayrton Senna. Ela se lembra das corridas desde os seus 4 anos, tudo porque seu pai assistia e ela se acostumou vendo as corridas aos domingos.

Mariane lembra pouco do Ayrton Senna em vida porque ela era muito pequena, mas ela o viu como um herói, que vencia todas as corridas e sua relação com o piloto Senna começou quando ela nem sabia o que era corrida de Fórmula 1.

“Eu assistia junto com meu pai e isso foi tornando uma rotina aos domingos. Lembro do dia da morte do nosso Senna porque esse dia marcou muito. Eu chorei muito e foi naquele dia que eu entendi a morte, pois eu estava perdendo o meu herói e meu ídolo”, diz Mariane.

Na sua época de criança ela chegou a correr de Kart (apenas na brincadeira, nada profissional) porque ela queria ser igual ao Senna, mas ela não foi adiante pelo simples fato de seus pais acharem o esporte perigoso.

“Eu assistia muito as corridas do Ayrton Senna pela internet porque quando ele faleceu eu tinha apenas 5 anos. Então eu tinha que recorrer aos vídeos antigos para, de alguma forma, imaginar que ele ainda estava com a gente”, diz Mariane.

Ayrton Senna sempre foi e sempre será o ídolo de Mariane, pois ela observou o caráter dele, a simplicidade, humildade e a garra de vencer qualquer obstáculo. Ela aprendeu muito com ele, ao longo de toda sua vida e levou tudo isso para o seu trabalho.

Mariane continuou assistindo sim F1, mas confessa que hoje ela não tem muito ânimo para assistir e crê que seja a falta de um brasileiro representando. Dos pilotos atuais ela gosta do Hamilton, por causa da humildade e lhe faz lembrar o Senna.

“Definir Senna é um mix de coisas boas e que hoje eu vejo muito escasso nas pessoas. Senna era exemplo de patriotismo, amor ao próximo, humildade, sinceridade, perfeccionista e um ser humano iluminado por Deus”, diz Mariane.

“Creio que qualquer esporte é válido para quem está começando a vida porque te dá disciplina, evita que se percam em coisas ruins, como a droga. Eu sempre apresento o Senna para as crianças e jovens que não o conheceu e mostro vídeos das entrevistas e corridas”, finaliza Mariane.

VEJA MAIS

Paul gosta de adrenalina desde criança e motivação pelo Senna

Mauro acompanhou carreira de Ayrton Senna desde 1978 no Kart

 

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar