Tênis

Masters 1000 de Paris: Semifinais e Final acontecem nesse fim de semana.

Neste sábado (03/11) e domingo (04/11) acontecem as semifinais e a final do Masters 1000 de Paris. O torneio ajudou a definir as últimas vagas para o Finals da ATP. Dentre as semifinais, a que mais chama a atenção é o confronto entre dois dos maiores jogadores da história do Tênis, Roger Federer e Novak Djokovic. Que junto já têm muitos títulos de Masters 1000 e Grand Slams.

O Masters 1000 de Paris vem sendo na história recente do Tênis, o torneio responsável pela definição dos últimos classificados para o Torneio Finals da ATP, que ocorre a partir do domingo (11/11) em Londres. O Finals reúne os oito melhores colocados do ranking da ATP, para uma grande disputa. Nesse ano, havia somente a concorrência por duas vagas, que estavam entre o croata Marin Cilic, o austríaco Dominic Thiem, o japonês Kei Nishikori e o americano John Isner. Durante a semana e, mais exatamente, até a sexta feira, a briga estava em aberto. Após os resultados das quartas de finais, as oito vagas foram completas por Cilic e Thiem que já estavam à frente na classificação e tiveram bom rendimento no torneio. No entanto, devido a contusões o argentino Juan Martin Del Potro e Rafael Nadal (que abandonou o torneio de Paris), podem não participar do Finals, abrindo vagas para Nishikori e Isner.

Nesse sábado (03/11), as semifinais começam a partir das 10h, com um confronto de jovens talentos, que prometem um grande jogo e uma carreira vitoriosa pela frente. A partida reúne o austríaco Dominic Thiem e o russo Karen Kachanov. Dominic Thiem chegou à semifinal após derrotar o americano Jack Sock (campeão do torneio no ano passado), por um duplo 6/4. Já Kachanov chegou à semifinal ao vencer com surpreendente tranquilidade o alemão Alexander Zverev por 6/1 e 6/2. É o primeiro confronto entre os dois por torneios oficiais da ATP. Com uma direita potente, Kachanov pretende pressionar Thiem, que trabalha com um forte e preciso backhand, para vencer seu adversário.

Na outra semifinal, acontecerá um encontro de gigantes. Um jogo que todos os fãs do esporte torcem para ocorrer em todos os torneios. Roger Federer e Novak Djokovic dois dos maiores tenistas da história, entram em quadra para se enfrentar pela 47ª vez. Até hoje, o retrospecto é vantajoso para o sérvio Djokovic, que tem 24 vitórias contra 22 derrotas. Além disso, Djokovic não perde para Federer desde 2015. O atual número 1 do mundo, procura manter a vantagem contra o rival e continuar fazendo uma campanha irretocável no torneio. Na semifinal desta sexta feira, Nole passou por Cilic virando um jogo que parecia complicado após perder o primeiro set. Ao final, Nole se recuperou e fechou o jogo por 2 sets 1 (4/6, 6/2 e 6/3). Já Roger Federer busca quebrar essa sequência negativa contra o rival, para chegar a mais uma final de Masters 1000 em sua carreira. Nas quartas de final, Federer confirmou seu favoritismo contra o japonês Nishikori, vencendo por 2 sets 0 (duplo 6/4). A torcida é para que haja um grande jogo entre eles. A partida não acontece antes das 11h30 horário de Brasília.

A final acontece amanhã por volta das 12h.

Tags
Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close