F1Motor

Mauro acompanhou carreira de Ayrton Senna desde 1978 no Kart

Mauro Dutra de Oliveira , com 59 anos, nasceu em Rio Claro-SP e atualmente vive em São Paulo-SP. Ele começou a assistir F1 desde 1972 porque sempre teve adoração por automobilismo e admiração por Ayrton Senna.

Na verdade, Mauro já acompanhava Senna desde 1978, quando o mesmo já estava no kart. Mauro contou que ele tinha um colega no colégio que era kartista e ele começou a lhe falar de um tal “da Silva”, que já se destacava e tinha um estilo arrojado de frear de lado e andar com uma mão no volante e a outra no carburador.

E, a partir daí, ele passou a acompanhar toda a carreira de Ayrton Senna, no Kart, Fórmula Ford inglesa, Fórmula 3 (mesmo não sendo muito divulgada) e F1, até o final.

“Até pensei em ser piloto por causa da minha paixão por esse esporte, mas sabia que não teria condições financeiras naquela época”, diz Mauro.

“Lembro-me que quando eu tinha 12 anos, com meu tio e primos, ficamos acampados literalmente com barraca e tudo, na calçada de um dos portões de Interlagos, para assistir o GP do Brasil de 1973”, diz Mauro.

Seu ídolo, com certeza, é Ayrton Senna da Silva porque, em sua opinião, ele foi e sempre será o melhor piloto de todos os tempos. Além disso, Ayrton sempre teve muito orgulho de dividir suas conquistas com o Brasil. Seu amor pelo país ficava evidente em suas vitórias e isso o deixava em estado de êxtase.

No ano que Senna morreu Mauro não conseguiu mais assistir, porém, depois ele começou a assistir, com menos frequência, e em muitas vezes, ele só vê a largada. Mas, para Mauro o melhor piloto da atualidade é Lewis Hamilton, só porque tem 6 títulos mundiais, e com isso, não precisa provar mais nada para ninguém.

“Senna foi e é minha referência como profissional e como pessoa, foi exemplo de profissionalismo, dedicação total, vontade, garra, patriotismo, caráter e humildade”, diz Mauro.

“Para mim não tem motivação maior, que a famosa frase de Ayrton: ‘Seja você quem for, seja qual for a posição social que você tenha na vida, a mais alta ou a mais baixa, tenha sempre como meta muita força, muita determinação e sempre faça tudo com muito amor e com muita fé em Deus, que um dia você chega lá’”, finaliza Mauro.

LEIA MAIS

De pai para filho: George tem Ayrton Senna como ídolo

Jonatha assistia Fórmula 1 com seu irmão por causa de Ayrton Senna

 

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar