Seleção Brasileira

Neymar tem lesão confirmada e está fora da Copa América

Atacante se machucou durante a vitória sobre o Catar

Neymar Jr. está fora da disputa da Copa América. O camisa 10 da seleção brasileira se machucou no amistoso contra o Catar, em Brasília, nesta quarta-feira. Após exames, ficou constatada uma ruptura dos ligamentos do tornozelo do atacante.

Neymar se machucou por volta dos 15 minutos do primeiro tempo. O jogador do PSG tentou driblar a marcação pelo meio e ao ser desarmado teve uma entorse no tornozelo direito. O jogador se levantou, mancou, tentou prosseguir na partida, mas não aguentou e foi substituído por Everton.

Esta é a terceira grave lesão de Neymar no intervalo de 16 meses. Em fevereiro de 2018 o camisa 10 teve uma entorse no tornozelo direito que resultou na fratura do quinto metatarso e também uma ruptura dos ligamentos do tornozelo, mesma lesão que teve agora. Na ocasião, Neymar fez cirurgia. Em janeiro deste ano uma nova lesão no pé direito afastou o jogador dos gramados. Dessa vez, porém, não foi necessária uma nova cirurgia.

A lesão acontece no momento mais conturbado da carreira do homem Neymar, mesmo que ele seja cercado de polêmicas desde quando era apenas um menino. Na semana passada o jogador foi acusado de estupro e de agressão e a justiça investiga o caso. Neymar, inclusive, foi intimado a depor na delegacia de crimes virtuais, no Rio de Janeiro, nesta sexta-feira. O jogador divulgou trechos da conversa que teve com a mulher que o acusa de estupro e expôs fotos íntimas da mulher. A CBF, antes de saber que o atacante teria que ser cortado, já havia dito que liberaria o jogador para prestar depoimento.

Tite agora tem uma dor de cabeça: escolher quem será o substituto do camisa 10. Nomes como o de Lucas Moura, que se destacou na reta final da Champions League pelo Tottenham, e Vinícius Jr., que fez boa temporada pelo Real Madrid e chegou a ser convocado para os amistosos de março, mas teve que ser cortado também por lesão, são os favoritos à vaga. Renato Augusto, que tem a admiração e confiança do técnico Tite, e Fabinho, que fez excelente temporada pelo Liverpool, correm por fora.

O técnico da seleção brasileira tem até a próxima quinta-feira, véspera da estreia na Copa América, contra a Bolívia, para convocar um novo jogador. A tendência, entretanto, é que a decisão seja tomada rapidamente.

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar