Série A

Palmeiras e Vasco empatam pela 12ª rodada do Brasileirão

Duelo aconteceu no Allianz Parque

Palmeiras e Vasco empataram pelo Campeonato Brasileiro. Jogando no Allianz Parque, as equipes ficaram no 1 a 1 e somam apenas um ponto. Ruim para ambos, já que o Palmeiras pode ser ultrapassado pelo Santos e o Vasco pode voltar a ficar perto da zona de rebaixamento. Os gols foram marcados por Scarpa e Marrony.

1º Tempo

Nem tinha começado direito a partida e o Vasco já estava fazendo 1 a 0. Com dois minutos de jogo, Valdívia bateu escanteio da direita e Marrony, na segunda trave, subiu mais que a marcação para cabecear a abrir o placar. O Palmeiras tentou reagir logo na saída de bola. Hyoran recebeu de Scarpa e bateu de fora da área. A bola triscou no travessão e subiu.

Mas não demoraria muito para o empate aparecer. Aos 11, os jogadores do Palmeiras reclamaram de pênalti. Arthur Cabral chutou e a bola pegou na mão de Castán. O árbitro Ricardo Marques Ribeiro foi orientado a rever o lance e marcou a penalidade. Gustavo Scarpa foi para a cobrança e não deu chances para Fernando Miguel. Cobrança no meio do gol, forte e alta. 1 a 1.

Depois de um início mais animado, o jogo deu uma esfriada. O Palmeiras ficava com a bola e tentava propor as iniciativas, enquanto o Vasco tentava sair na boa num contra-ataque.

Bruno Henrique tentou de fora da área aos 37 minutos, mas a bola subiu muito após a finalização do volante.

No último lance da primeira etapa uma polêmica: cobrança de escanteio na área do Palmeiras e a bola bateu em Edu Dracena. Os jogadores do Vasco reclamaram de pênalti. O árbitro até chegou a ouvir o para ser orientado, mas não marcou nada e o primeiro tempo terminou em 1 a 1.

2º Tempo

O início do segundo tempo foi animado, assim como início da primeira etapa. Com 5 minutos, Valdívia cobrou uma falta lateral e a bola passou por todo mundo sem que ninguém desviasse para o fundo das redes. Marrony, inclusive, passou perto e quase marcou o segundo na partida. Logo na saída, o Palmeiras respondeu. Hyoran chutou e Fernando Miguel deu rebote. Henríquez cortou mal e a bola sobrou para Arthur Cabral. O atacante bateu fraco e abola ficou fácil para Fernando Miguel.

O Palmeiras assustou de novo aos 14 minutos. Dudu partiu pela esquerda e encarou a marcação. Raul tentou o combate e ficou para trás. Na finalização, o camisa 7 do Palmeiras bateu mal e a bola foi pra fora.

Como foi no primeiro tempo, o jogo ficou muito fraco depois dos 15 minutos. O Palmeiras só voltou a assustar aos 32 minutos. Dudu achou Hyoran em lindo lançamento e o camisa 28 teve tempo de dominar, pensar e chutar. Mas mandou mal e a bola saiu. O detalhe é que ele pegou tão mal que a bola só passou pela linha de fundo perto da bandeirinha de escanteio.

Aos 38 foi a vez do Vasco assustar. Pikachu tabelou com Bruno César na direita e cruzou rasteiro. O goleiro Weverton defendeu, mas deu rebote para o meio da área. Marcos Jr. cabeceou e bola pegou no travessão antes de sair.

O Palmeiras ainda tentou uma pressão final, mas sem sucesso.

Fim de jogo. 1 a 1.

Próximos compromissos

O Palmeiras decide a vida na Taça Libertadores. Na próxima terça-feira, às 21h30 (de Brasília), o Verdão recebe o Godoy Cruz, da Argentina, no Allianz Parque. No jogo de ida, o Palestra empatou por 2 a 2. Portanto, empate em 0 a 0 e 1 a 1 classifica o Palmeiras. Novo empate em 2 a 2 leva a decisão para os pênaltis. A partir de 3 a 3, o time de Mendonza fica com a vaga. Quem vencer está nas quartas de final da Libertadores. O Vasco folga durante a semana e só volta a campo no próximo domingo, dia 4 de agosto, contra o CSA. O mando de campo é vascaíno, mas a partida será em Cariacica, no Espírito Santo.

Ficha Técnica

Palmeiras 1 x 1 Vasco

Campeonato Brasileiro – 12ª Rodada

Local: Allianz Parque (São Paulo)

Data: 27/07/2019 (sábado)

Horário: 17h (Horário de Brasília)

Público presente: 37.754 pessoas

Gols: Marrony (2’/1ºT), Scarpa (14’/1ºT)

Cartões Amarelos: Thiago Santos (Palmeiras). Castán, Bruno César, Henrique e Marcos Jr. (Vasco)

Cartões Vermelhos: Ninguém

Palmeiras: Weverton, Jean, Edu Dracena, Antônio Carlos, Victor Luis; Thiago Santos, Bruno Henrique (Matheus Fernandes), Scarpa (Raphael Veiga); Hyoran (Carlos Eduardo), Dudu e Arthur Cabral. Técnico: Felipão.

Vasco: Fernando Miguel, Yago Pikachu, Henríquez, Castán, Henrique; Richard, Raul (Andrey), Marquinho (Marcos Jr.); Bruno César, Valdívia (Talles Magno) e Marrony. Técnico: Luxemburgo.

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar