F1

Pedro e e a descoberta de F1 por causa da Ferrari

Pedro Rodrigues, com 18 anos, nascido em São Paulo/SP e atualmente morando em São Carlos/SP gosta de F1 por causa da equipe da Ferrari.

 

Ele lembra que sua primeira corrida foi Canada 2011, justamente em uma das melhores corridas da década de 2010. Ele ainda conta que estava trocando de canal e vendo a Ferrari com o piloto usando um capacete verde e amarelo  correndo na chuva. Foi aí que Pedro se apaixonou.

 

Ele também se lembra que o que lhe fez assistir F1 foi que na época tinha PS2 e jogava sempre F1 2006 com “aquele carro vermelho”. E Pedro ainda pensa e sonha em correr, pelo fato de gostar do automobilismo que é emoção a flor da pele, como o tem que pensar rápido em cada manobra para ultrapassar o adversário.

 

“Assim que soube que ia ver a F1 em novembro de 2019 fiquei super feliz, era muita ansiedade, mas infelizmente não pude ir na sexta ver o treino livre. Viajei cerca de 3 horas bem tranquila, cheguei no apartamento da minha tia no final de semana em Carapicuiba.

 

Assim que cheguei lá, fui para a estação pegar o trem da CPTM, cruzei toda a cidade até a estação autódromo, fiz um pouco de caminhada até o circuito.

 

Chegando lá, eu fiquei impressionado com o tamanho dele, até que desci a rua inteira para o setor Q, passei na catraca minutos antes de começar O TL3  e fui caminhando até a arquibancada. No caminho pensei “nossa to pisando em um lugar lendário, onde meus ídolos correram: Senna, Prost, Mansell, Piquet, Schumacher, Lauda, Hunt, Fittipaldi entre outros”, conta Pedro.

 

Assim que ele chegou em sua arquibancada, na reta oposta da saída do box, o momento mais marcante foi quando ele viu um carro de F1 pela primeira vez pessoalmente: a McLaren, do Norris, rasgando a reta a mais de 300 KM/H. Essa hora caiu uma lágrima do seu olho, ouvindo esse motor V6, que ele tanta ama, mas a maioria não gosta.

 

Da geração antiga, Pedro gosta do Ayrton Senna, mas seu ídolo é o Felipe Massa e que a partir dele, o Pedro começou a gostar de F1 e foi o primeiro piloto que torceu na F1.

 

Além disso, Pedro gosta de Sebastian Vettel pelo jeito simples dele que lhe chamou atenção e como ele é humilde com os fãs, principalmente na época de Red Bull 2010-2013 com os 4 campeonatos seguidos.

 

O carro das antigas, sem dúvidas, o MP4/4 de 1988 que teve Ayrton Senna e Alan Prost. Tiveram 15 das 16 vitórias daquele ano e com motor Honda, que naquele carro parecia de outro mundo.

 

Tanto o carro quanto o piloto, pelo carro que foi um dos melhores da história com o designer de Gordon Murray, o motor Honda RA186E V6, turbo a pintura icônica da Marlboro e os 2 pilotos que brigavam pelo título especialmente um que iria se tornar uma lenda e o ídolo de todos os brasileiros: Ayrton Senna Da Silva, que fez um brilhante campeonato e começaria sua melhor fase com 3 títulos em 4 anos.

 

“Atualmente no Grid temos 3 campeões: Lewis Hamilton Mercedes (6 titulos), Sebastian Vettel Ferrari (4 titulos) e Kimi Raikkonen Alfa Romeo (1 titulo). Mas o melhor piloto da atualidade é sem duvida Hamilton, que desde de 2014, vem quebrando recordes, pois ele tem 6 títulos e 84 vitórias, 7 a menos que Schumacher.

 

Estamos presenciando um dos melhores pilotos da história, que poderá chegar em números de títulos de Schumacher (7) e também em vitorias (91)”, diz Pedro.

 

Na atualidade, para Pedro, a melhor equipe é a Mercedes desde do W06 (2014) até o W10 (2019). Eles pegaram como fazer um belo carro e montaram uma ótima equipe para conquistar os títulos, mas mesmo assim, a Mercedes não esta conseguindo fechar a conta no verde.

 

“Pessoal, nunca desista de seus sonhos, mesmo que custe alguma coisa. Vai atrás do seu sonho porque quando você estiver onde sempre quis estar, vai olhar para trás e lembrar da sua luta e você vai servir de inspiração para muitas pessoas e vai ver que todo o suor vai compensar”, finaliza Pedro.

 

LEIA MAIS

Dupla perfeita: pai e filha acompanham muito a F1

Ruy Petra conta como surgiu seu fascínio por todo esporte a motor

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar