FutebolVasco da Gama

Pikachu fala sobre primeiro jogo contra o Flamengo e cobra uma postura diferente para o proximo jogo

Yago Pikachu

Flamengo venceu a primeira partida da final do Campeonato Carioca por 2×0, com 2 gols de Bruno Henrique. Assim, o Vasco vem para a ultima partida no Maracanã com uma grande missão, vencer por 3 gols de diferença para conseguir se consagrar campeão sem precisar ir para os pênaltis. Vitória com 2 gols de diferença o jogo vai para os pênaltis e com 1 gol de diferença, o Flamengo se consagra campeão.

Na saída para o vestiário, o agora meio campista Yago Pikachu falou com sinceridade sobre a dificuldade que vai ser para conseguir o resultado na segunda partida da final e fez criticas em relação a atuação do time.

Pikachu disse que nos primeiros 45 minutos de jogo, a partida estava equilibrada. Além disso, o meio campista cobrou uma atitude diferente do próprio time.

– É difícil (falar do resultado). Não tivemos a felicidade de criar jogadas. O Flamengo fez a gente recuar o segundo tempo todo. Era complicado. Temos o segundo jogo. Temos de ter postura totalmente diferente. Se quisermos conquistar o título, temos de pressionar do primeiro ao último minuto – cobrou o meio de campo vascaíno.

Quando questionado sobre as manifestações feitas pela torcida após a derrota, Pikachu disse as seguinte palavras:

– Hoje foi um dia bem corrido para mim, eu não tinha essa informação. Lamentamos, a gente sabe que o torcedor tem todo direito de reclamar, mas ainda temos o segundo jogo. Essa revolta do torcedor é muito por causa desse primeiro jogo da final. Acredito que se não tem agressão e violência, é uma forma de protestar. Sabemos que ainda tem o segundo jogo, o Vasco já demostrou na sua história que consegue reverter coisas que são praticamente impossíveis.

Em seguida, surgiu um questionamento sobre a falta de raça do elenco durante a partida e também em respeito a diferença técnica entre as equipes da final.

– Realmente faltou (raça), não que seja 100%, acredito que deixamos a desejar nesse aspecto. A gente comentou que poderíamos entrar mais forte para que pudêssemos fazer coisas diferentes. É ruim ficar falando o que faltou, o importante é fazer no próximo jogo tudo diferente. O torcedor vai estar sempre na razão, cobrando da melhor forma para que a gente possa também saber onde podemos dar mais para reverter o resultado.

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar