BasqueteFlamengoNBB

Rafael Mineiro pode ser um trunfo no Mundial para o FlaBasquete

Pivô já jogou a competição duas vezes e quer ganhar o título

Nesta sexta-feira(15) o Flamengo inicia a caminhada para conquistar o Bi-Campeonato do Mundial de basquete, que será disputado na Arena Carioca 1, e o rubro-negro estreia na competição contra a equipe do Austin Spurs, às 21h. Participam ainda da Copa Intercontinental da Fiba as equipes AEK (Grécia) e o San Lorenzo de Almagro (Argentina), ales de Flamengo e Austin Spurs(Estados Unidos). O Flamengo sabe que não vai encontrar facilidade na competição e para isso conta com a experiência do pivô Rafael Mineiro, que já participou do torneio duas vexes, jogando por Pinheiros, em 2013 e Bauru, em 2015. Nas duas oportunidades Rafael não conseguiu conquistar o título. 

Rafael Mineiro vem fazendo boa temporada com a camisa do Flamengo. Foto: Divulgação Site do Flamengo

Em entrevista concedida ao site oficial do Flamengo, Rafael Mineiro falou que está focado na busca do título.

Tive duas oportunidades de disputar o Mundial, uma sendo campeão da Liga das Américas, pelo Pinheiros. Na segunda, fui convidado pela equipe do Bauru para jogar contra o Real Madrid. Contra o Real, foram dois jogos, vencemos o primeiro, estando quinze pontos atrás e foi sensacional. Depois eu pude acompanhar a conquista do Flamengo e deu mais um gostinho especial. Agora tenho oportunidade de disputar, e pelo Flamengo. A cabeça tem que saber que pode ser uma oportunidade única. Naquela época, era contra o Real Madrid, pensei que talvez não tivesse mais a chance, e agora estou podendo de novo e vou falar isso para os companheiros. É a nossa vez, a nossa oportunidade e vamos em busca deste título.

Sobre a estréia contra o Austin Spurs

É bem difícil jogar. Fizemos um amistoso contra o Orlando, onde você sente o jogo. Os caras são frios, não é como aqui, que é corrido, que às vezes você abre e o outro time se perde. Estão acostumados a jogar, às vezes estão cinco, dez pontos atrás e mantém o ritmo. Foi bom termos feitos os amistosos contra equipes que conhecem aquele esquema da NBA. Se pegarmos um time sul-americano, será algo que estamos mais acostumados. Mas se enfrentarmos o europeu, será um grande time que teremos que nos superar muito para vencer .

Sobre os adversários

Todo jogador já pesquisou um pouco os adversários. A comissão técnica esperou o jogo contra o Franca para falar, mas eu já fui no YouTube, já pesquisei já vi alguns jogadores deles. A gente sonha jogar contra grandes jogadores. É uma chance de provar que também podemos. É bater de frente e dá um gostinho a mais mostrar que podemos ganhar dos caras. Nosso time vem evoluindo. Começamos no Carioca, aos poucos fomos entrosando, o time era muito novo, só ficaram três da temporada anterior, e agora estamos encaixados. Fizemos grandes jogos, contra grandes equipes. Estamos preparados para o Mundial.

*Entrevista retirada do site do Flamengo

 

 

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar