F1

Raikkonen vence GP dos Estados Unidos e disputa do título fica para o México

Verstappen também brilha e fica em segundo, com Hamilton em terceiro

A decisão do título da temporada era esperada neste domingo (21) no GP dos Estados Unidos. Tudo por conta da Pole Position conquistada por Lewis Hamilton, líder do campeonato. Somada a pole, teve a punição de Vettel, que perdeu três posições no grid de largada e largou em quinto. Mas a dupla que brilhou em Austin foi outra: Raikkonen e Verstappen.

Kimi Raikkonen largou em segundo, e na véspera da corrida Hamilton se disse preocupado com o que o finlandês poderia aprontar nas primeiras curvas. E deveria mesmo. O inglês tentou fechar as portas para Raikkonen, mas não teve jeito, e o piloto da Ferrari assumiu a ponta ainda na primeira volta.

Foto: Reprodução/ Rede Social Ferrari

Hamilton aproveitou a bandeira amarela e fez a primeira parada nos boxes. Apostava-se que ele faria outra parada depois, o que acabou se confirmando. Porém, a incerteza deixava aberta qual seria a real posição do piloto após as paradas. Quando retornou, melhorou o rendimento e, quando começou a ameaçar a liderança de Raikkonen, viu o adversário parar.

Quando de fato o inglês foi para a segunda parada, foi para o terceiro lugar, atrás inclusive de Verstappen (foto). O jovem largou em décimo quinto e estava em segundo com uma corrida espetacular. Se aproximou de Raikkonen na reta final, mas nas últimas três voltas precisou se defender de Hamilton. Na penúltima volta, a pressão aumentou e em uma disputa maravilhosa se manteve em segundo lugar, e evitava o título antecipado do tetracampeão.

Foto: Reprodução / Rede Social Red Bull

Vettel largou em quinto e foi para cima de Ricciardo, buscando chegar logo no pelotão da frente. Mas acabou se afobando, tocou o australiano e levou a pior, caindo para a 15ª posição. Fez uma corrida de recuperação e ficou um bom tempo em quinto lugar. Nas últimas voltas se aproximou de Bottas e na penúltimo ultrapassou o finlandês, terminando na quarta colocação.

Pilotos que fizeram bom treino na sexta, tiveram dia ruim neste domingo. Ocon, que largou em sexto, terminou em oitavo. Leclerc, que levou a Sauber ao nono lugar na largada, abandonou. Ricciardo, largou em quinto, e também teve o azar de abandonar. Bottas ficou em quinto, seguido por Hulkenberg e Sainz, ambos da Renault. Magnussen foi o nono colocado e Perez terminou na décima posição.

A temporada da Fórmula 1 retorna no próximo final de semana, no Grande Prêmio do México. A corrida será no domingo (28), às 15h30, e Rádio Opinião vai fazer a transmissão ao vivo no Tempo Real.

Por: Felipe Galvão

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar