Futebol Brasileiro

Rede Globo não pagará aos clubes do Rio de Janeiro a última parcela do campeonato Carioca 2020

Por conta da paralisação do campeonato em consequência da pandemia de convid-19 a Globo não fará o repasse da última parcela

A Rede Globo de televisão comunicou, na manhã desta última quarta-feira, 01/04/2020, a FERJ – Federação de Futebol do Rio de Janeiro que não vai pagar aos clubes a última cota de direitos de transmissão do Campeonato Estadual do Rio de Janeiro 2020. A TV Globo justificou que tomou essa decisão por conta da paralisação da competição, em consequência da pandemia da Covid-19.

Está decisão afetará diretamente todos clubes, mas, nos clubes de menor investimentos, o corte da última parcela cria um cenário dramático, pois estes certamente contavam com o recurso para quitar os salários de jogadores e funcionários. Está situação deixou preocupados todos os presidentes de clubes e a FERJ. ALFREDO SAMPAIO, presidente do SAFERJ, foi um dos que externalizou a sua preocupação com a interrupção do repasse do pagamento aos clubes.

“Péssima notícia! A preocupação é com todos os clubes, mas o impacto maior será, sem dúvida, nos clubes pequenos. Há jogadores que ganham pouco e dependem do contrato do Estadual para manter o sustento da família o ano inteiro. Eles receberam o último salário em fevereiro, referente à janeiro. Como vão viver sem receber fevereiro, março, abril, mais férias e, possivelmente, maio? Penso que é o momento das instituições protegerem quem faz o espetáculo e assumirem a responsabilidade”, 

De acordo com Sampaio:
.
“A Globo tem contrato até 2024. Não será um mês do final do Estadual que vai comprometer todo o contrato. É uma via de mão dupla. A emissora faz muito pelo campeonato, mas também fatura muito com o produto”, ressaltou.
.
Em nome dos jogadores, Alfredo Sampaio também 
destacou que o momento requer solidariedade:.
.
“Impossível não fazer analogia ao futebol em um momento desses. Como treinador, a gente sabe de quem cobrar na hora de resolver uma partida, ou quem pode tomar a decisão correta dentro de campo. Hoje, no mundo do futebol carioca, Globo e CBF têm o poder da camisa dez. São eles que vão poder ajudar de alguma forma. Temos que, através do diálogo, claro, pedir solidariedade e que pensem com carinho nos atletas e isso que o sindicato vai fazer. Repetindo, os atletas são os verdadeiros responsáveis pelo espetáculo. Eles não podem ser esquecidos neste momento”, concluiu.

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar