Judô

Sarah Menezes renova contrato com o Flamengo até as Olimpíadas de 2020

Judoca renovou contrato até os jogos de Tóquio

O Flamengo divulgou em seu site oficial a renovação de contrato com a judoca Sarah Menezes, campeã olímpica em Londres em 2012.

Sarah Menezes fica no Flamengo até os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020. A judoca chegou ao rubro-negro em março do ano passado e na primeira competição já subiu no pódio no Campeonato Carioca. Em dezembro  venceu a Seletiva Olímpica do ciclo de Tóquio em 2020 e garantiu vaga para a equipe Nacional em 2019. Aos 29 anos ela vai para a sua quarta Olimpíadas.

Estou muito feliz de renovar o meu vínculo com o Flamengo. Me sinto à vontade aqui no clube, minha família praticamente toda é rubro-negra e quero fazer parte da história do judô no clube, que é muito vencedor. Fico bastante grata por permanecer por mais tempo no Fla, pois minha identificação foi quase instantânea – afirmou a judoca.

Confira a entrevista exclusiva para o site oficial do clube:

Como foi sua primeira temporada no Flamengo?
Minha adaptação foi muito rápida, tive logo a oportunidade de interagir com os demais atletas, professores e outros profissionais dentro do clube. A estrutura é maravilhosa, o Flamengo oferece toda as condições para um atleta de alto rendimento, principalmente para as equipes de base. Aqui temos à nossa disposição todo suporte de psicólogos, nutricionistas, preparadores físicos e técnicos e, além disso, contamos com a ajuda do CUIDAR (Centro Unificado de Identificação e Desenvolvimento de Atletas de Rendimento), que oferece todo o suporte que precisamos. 
Fale sobre o projeto Tóquio 2020. Quais competições você disputará até as Olimpíadas e como está seu ranqueamento?
Terei pela frente algumas etapas de Grand Slam, Grand Prix, os Jogos Pan-Americanos e o Campeonato Mundial. Para garantir uma vaga nas Olimpíadas, eu preciso subir em todos os pódios das competições que disputar, tenho que somar o máximo de pontos possíveis para melhorar o meu ranqueamento. Como troquei de categoria agora, estou bem atrás das demais atletas. Tenho até meados de 2020 para definir a minha classificação para os Jogos Olímpicos.
Quais são os principais países adversários no peso Meio-Leve? Qual será o seu principal desafio?
Tem muitos adversários fortes nesta categoria, como Japão, Rússia, Cazaquistão, China, Mongólia, Kozovo, que é a atual campeã olímpica, entre outros. Acredito que todos os países estão bem representados com atletas de alto nível. Meu maior desafio é conquistar medalhas em todas as competições que eu disputar. 
Pelo Flamengo, seu primeiro torneio da temporada será o Campeonato Carioca de judô. Como está a sua preparação? 
É muito importante para mim começar a temporada conquistando medalhas, então vou bastante focada para esta disputa. Os meus principais objetivos são as competições internacionais, por isso, quero usar o Campeonato Carioca como um aquecimento para o Grand Prix da Turquia, na próxima semana.
O que você leva de aprendizado para o Grand Prix da Turquia? Quais pontos você acha que precisam ser melhorados?
Acredito que meu nervosismo vai diminuir bastante com relação à primeira competição disputada na categoria 52kg. Me cobrei muito para ter um bom resultado rápido, mas acabei ficando sem nenhuma medalha. Também estou trabalhando bastante para controlar a ansiedade, com o objetivo de me manter tranquila no decorrer da competição.
Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar