FlamengoFutebol

Tragédia no Ninho do Urubu: Saibam quem são as vítimas

Jogadores morreram por causa do incêndio que ocorreu na madrugada desta sexta-feira

Um incêndio de grandes proporções, que atingiu o Centro de Treinamento, do Flamengo, no Ninho do Urubu, e acabou com a vida de 10 jogadores da base do Flamengo. Um dia muito triste para o Futebol e que certamente ficará marcado na história. Todos os clubes, não só do Brasil, mas como na Europa se solidarizaram e mandaram mensagens de força e apoio para o Flamengo. Jogadores e ex-jogadores de renome como Messi, Cristiano Ronaldo, Philippe Coutinho, Neymar, Kaká, Zico, Pelé, Ronaldinho Gaúcho, dentre outros, postaram em suas redes mensagem de apoio para os meninos que morreram no incêndio.

As vitimas do incêndio no Ninho do Urubu. Foto: Reprodução Twitter

Vítimas Fatais

Arthur Vinicius – Era zagueiro e tinha 14 anos, nasceu em Volta Redonda e completaria 15 anos amanhã(9). A família se preparava para viajar ao Rio de Janeiro para comemorar o aniversário do menino.

Foto: Reprodução Twitter

Athila Paixão – Era atacante tinha 14 anos, nasceu em Brasília e foi revelado pela Escolinha Geração do Futuro, a mesma de Diego Costa. Jogou a Copa Zico e chamou atenção de muitos clubes do Rio. Foi aprovado em Abril de 2018.

Foto: Reprodução Twitter

Bernardo Pisetta – Era goleiro e tinha 15 anos, nascido em Santa Catarina passou por vários clubes antes de chegar no Flamengo e dentre eles o Athletico Paranaense antes de seguir para o Rio de Janeiro. Ele era fã do goleiro Danilo, que faleceu no fatídico acidente aéreo da Chapecoense.

Bernardo era fã de Danilo. Foto: Reprodução Twitter

Christian Esmério – Era goleiro e tinha 15 anos, talvez o mais conhecido da tragédia, Christian colecionava títulos e convocações para a seleção brasileira, e era inclusive monitorado por  diversos clubes europeus.

Foto: Reprodução Twitter

Gedson Santos – Era atacante e tinha 14 anos, assim como Bernardo, o jogador também passou pelo Athletico Paranaense e chegou em 2019 ao Flamengo, estava passando seus primeiros dias no clube.

Foto: Reprodução Twitter

Jorge Eduardo – Era lateral esquerdo e tinha 15 anos, começou bem cedo no futsal chamando atenção dos olheiros, chegou ao Flamengo com 12 anos e morava na casa de amigos até completar 14 anos, idade permitida para morar no Ninho do Urubu.

Foto: Reprodução Twitter

Pablo Henrique – Era zagueiro e tinha 14 anos, nascido em Minas Gerais, Pablo era primo de Weley, do Vasco, e Nathan, do Atlético Mineiro. Jogador estava no rubro negro desde agosto do ano passado.

Foto: Reprodução Twitter

Rykelmo de Souza Viana – Era volante e tinha 16 anos, conhecido como “Bolívia” o atleta era o mais velho dos mortos e completaria 17 anos no próximo dia 26.

Rykelmo era fã de Gabigol e postou uma foto essa semana com o ídolo, no Ninho do Urubu. Foto: Reprodução Twitter

Samuel Thomas Rosa – Era lateral-direito e tinha 15 anos, nascido em São João de Meriti, completaria 16 anos em Abril. Sebastião Rodrigues, tio do jogador, confirmou a morte do atleta.

Foto: Reprodução Twitter

Vitor Isaías – Era atacante e tinha 14 anos, nasceu em Florianópolis e teve passagens por Figueirense e Athletico Paranaense. Chegou ao Flamengo no segundo semestre do ano passado e era da empresariado pelo ex-jogador Sávio.

Foto: Reprodução Twitter

Os três feridos

Cauan Emanuel Gomes Nunes – Tem 14 anos, nasceu em Fortaleza e já está no Rio de Janeiro há 3 anos. É o que está na melhor condição.

Foto: Reprodução Twitter

Francisco Dyogo Bento Alves – Tem 15 anos e está com o quadro estável no hospital, entretanto deve ser transferido para o CTI.

Jonatha Cruz Ventura – Tem 15 anos e é o que está em situação mais preocupante, teve 30% do corpo queimado e está no hospital Pedro II, especializado em queimaduras.

Foto: Reprodução Twitter

Confira a nota oficial do Flamengo sobre os três sobreviventes dessa tragédia:

“O Clube de Regatas do Flamengo informa que os atletas Kauan Emanuel e Francisco Dyogo estão em situação estável no Hospital Vitória, ambos acordados e conscientes. Os meninos apresentam algumas lesões de via aérea por inalação de fumaça e escoriações pelo corpo e seguem em observação, ficando internados na UTI de hoje para amanhã, sábado (9). O chefe do Departamento Médico do Flamengo, Dr. Márcio Tannure, e o clínico cardiologista do Vitória, responsável pela internação dos atletas, Dr. Fernando Bassan, acompanham a evolução do quadro.

Já o atleta Jhonata Ventura está internado no hospital municipal Pedro II, em estado grave. Ele foi atingido na face, membros superiores e mãos, e tem queimaduras em 30% do corpo. Os médicos do Flamengo, Drs. Luiz Baldi e Gustavo Caldeira, acompanham a situação de Jhonata, que está sob os cuidados da equipe especializada do Centro de Tratamentos de Queimados”

Tags
Mais

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar